05 de março de 2021 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
ESPORTE

Brasil e Reino Unido debatem esporte na escola e segurança olímpica

No segundo dia de encontro, ministro Leonardo Picciani recebeu confirmação do apoio do governo britânico nas operações de segurança e de inteligência durante os Jogos

8 junho 2016 - 14h45DA REDAÇÃO
Durante encontro, ministro Picciani destacou foco no legado das Olimpíadas na inclusão social pelo esporte
Durante encontro, ministro Picciani destacou foco no legado das Olimpíadas na inclusão social pelo esporte - Divulgação
Cassems

No segundo dia de visita a Londres, o ministro do Esporte, Leonardo Picciani, conversou, nesta terça-feira (7), com autoridades britânicas sobre os preparativos dos Jogos Olímpicos e o intercâmbio entre Brasil e Reino Unido no esporte escolar.

Em conversa com o ministro dos Negócios Estrangeiros e da Commonwealth, Hugo Swire, Picciani recebeu a confirmação do apoio do governo britânico nas operações de segurança e de inteligência durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016. Segundo Picciani, Swire “destacou a troca de informações nessa área e o envio de policiais britânicos ao Rio de Janeiro para apoiar nosso trabalho”.

Esporte escolar

Para dar continuidade ao acordo de cooperação de esporte escolar entre o Brasil e o Reino Unido, Picciani se reuniu com o diretor nacional para o Programa de Patrocínio ao Atleta Talentoso (TASS, na sigla em inglês), Guy Taylor, e defendeu a importância de pensar o esporte como fator de inclusão social e lazer, para além do investimento em atletas de alto rendimento. 

Guy Taylor disse que, nos últimos 10 anos, o Reino Unido apoiou 7 mil atletas estudantis, dos quais cerca de 100 conquistaram medalhas olímpicas ou paralímpicas. Mas o que mais importa, na visão dele, é que esses medalhistas depois atuam como técnicos e incentivadores da prática esportiva. “Estamos prontos para avançar na nossa parceria”, anunciou.

O acordo de cooperação entre Brasil e Reino Unido foi firmado em junho de 2011 com o objetivo de incentivar jovens atletas e promover o intercâmbio. A iniciativa possibilitou a participação de estudantes brasileiros nos UK School Games (os Jogos Escolares do Reino Unido) e de estudantes ingleses na Olimpíada e Paralimpíada Escolares no Brasil.

Nesses quatro anos, cerca de 80 atletas e técnicos brasileiros e outros 80 atletas e dirigentes britânicos participaram das atividades. Em 2012, os UK School Games contaram com a participação de 18 atletas brasileiros e cinco técnicos, nas modalidades de atletismo, judô e natação. Desses, 15 conquistaram medalhas, inclusive no paradesporto. Ao todo, foram 19 medalhas (oito de ouro, quatro de prata e sete de bronze).

Banner Whatsapp Desktop
Banner TCE