24 de janeiro de 2021 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
senar
COL

Adiamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio terá custo adicional de R$ 13,2 bilhões

Esse é o valor divulgado nesta sexta-feira pelo Comitê Organizador Local (COL)

4 dezembro 2020 - 06h38
De acordo com o Comitê Organizador, os custos adicionais dos Jogos serão divididos entre o governo japonês, a cidade de Tóquio e o próprio COL
De acordo com o Comitê Organizador, os custos adicionais dos Jogos serão divididos entre o governo japonês, a cidade de Tóquio e o próprio COL - (Foto: Kim Kyung Hoon/Reuters)
MÊS DA ECONOMIA COMPER

Os Jogos Olímpicos de Tóquio-2020, adiados para 2021 por causa da pandemia do novo coronavírus, custarão pelo menos mais US$ 2,4 bilhões (R$ 13,2 bilhões na cotação atual). Esse é o valor divulgado nesta sexta-feira pelo Comitê Organizador Local (COL), que se reuniu com autoridades do governo do Japão e da região metropolitana de Tóquio.

O custo extra é explicado pelos gastos gerados pelo adiamento do evento olímpico (R$ 8,46 bilhões) e pelo investimento necessário para garantir todas as medidas de saúde exigidas (R$ 4,75 bilhões). E o custo final dos Jogos Olímpicos pode ser ainda maior, segundo os organizadores, que preveem um orçamento adicional de reserva de R$ 1,34 bilhão.

Essas despesas a mais no orçamento chegam em um momento em que os organizadores dos Jogos e as autoridades japonesas começam a criar um entusiasmo para a realização da primeira Olimpíada adiada no pós-guerra, insistindo que este evento pode acontecer no próximo ano, mesmo se a pandemia da Covid-19 não estiver sob controle.

Mas o aumento das despesas pode piorar a opinião pública no Japão, onde sondagens realizadas há poucas semanas mostraram que uma maioria da população é a favor de um novo adiamento ou do cancelamento dos Jogos.

De acordo com o Comitê Organizador, os custos adicionais dos Jogos serão divididos entre o governo japonês, a cidade de Tóquio e o próprio COL. "As despesas a mais foram calculadas de acordo com a promessa de divisão de papéis (da preparação da Olimpíada) de 2017", afirmou Toshiro Muto, CEO do Comitê Organizador, em entrevista coletiva após a reunião desta sexta-feira.

Banner Whatsapp Desktop
Comper sem sair de casa

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você conseguiu ficar em dia com todas as contas do início do ano?

Votar
Resultados
Comper sem sair de casa
TJ MS