18 de setembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
maracaju covid
ECONOMIA

Metalúrgicos da GM aprovam layoff para 1,5 mil trabalhadores

16 maio 2017 - 19h53
O FLOR DA MATA - NOTICIAS

Em assembleia na tarde desta terça-feira, 16, os metalúrgicos da General Motors de São José dos Campos aprovaram o layoff para até 1.500 trabalhadores e mais três meses de estabilidade no emprego para todos os funcionários da montadora.

Os funcionários terão seu contrato de trabalho suspenso por cinco meses, de junho a novembro, e receberão salários nesse período.

O acordo levou três meses de negociação, de acordo com o Sindicato dos Metalúrgicos, e diversas reuniões, inclusive na Justiça do Trabalho, em Campinas.

Os trabalhadores afastados sairão de licença de 5 de junho a 4 de novembro e receberão o salário integralmente, sendo parte paga pela montadora e parte pelo Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), do Governo Federal.

A estabilidade aos trabalhadores está garantida até fevereiro de 2018. De acordo com a entidade, "foi uma importante conquista dos trabalhadores, já que a empresa vinha se recusando a acatar a reivindicação do Sindicato".

Na planta de São José dos Campos a montadora emprega cerca de 5 mil trabalhadores e produz os modelos S10 e Trailblazer, além de motores e sistema de transmissão.

Ainda no acordo, há previsão de abertura de um Programa de Demissão Voluntária (PDV). Segundo a General Motors, a unidade tem hoje cerca de 1700 trabalhadores excedentes em sua produção devido a retração do mercado. A montadora não comentou o resultado da assembleia.

Para esta semana está prevista uma reunião na Associação Comercial de São José dos Campos entre sindicalistas, empresários e o poder público para reivindicar da GM o investimento de R$ 2,5 bi para a planta, prometido em acordo entre a montadora e os trabalhadores em 2013, segundo informou a entidade que representa os metalúrgicos.

Banner Whatsapp Desktop
TJ MS INTERNO

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Considerando a pandemia do novo coronavírus, você acha que o TSE deveria ter editado resolução e tornado o voto não obrigatório este ano?

Votar
Resultados
FORT ATACADISTA - Carne Fresca (interno)
pmcg ms
TJ MS