26 de outubro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
TCE - Devolução Auxílio Emergencial
GERAÇÃO DE EMPREGO

Longen defende que candidatos priorizem desburocratização e geração de empregos

Conforme ele, o guia tem como base um projeto de retomada da economia e geração de empregos e renda para a população, elencando pilares importantes para subsidiar prefeitos a adotarem mudanças

25 setembro 2020 - 13h48Assessoria de Comunicação
Sérgio Longen, durante o lançamento do guia Seja um Candidato Empreendedor - Eleições 2020
Sérgio Longen, durante o lançamento do guia "Seja um Candidato Empreendedor - Eleições 2020" - (Foto: Divulgação)
Fort  Atacadista - 21 ANOS

Em meio à pandemia mundial do novo coronavírus (Covid-19), que provocou uma crise econômica e de saúde pública no Brasil, os candidatos a prefeito nas eleições municipais deste ano terão um desafio atípico: colocar junto da lista de prioridades, como a educação e a segurança, a retomada da geração de empregos, o que passa, necessariamente, por um compromisso com desburocratização e com a Lei de Liberdade Econômica.

A avaliação foi apresentada pelo presidente da Fiems e do Conselho Deliberativo do Sebrae/MS, Sérgio Longen, durante o lançamento do guia “Seja um Candidato Empreendedor - Eleições 2020”, nesta sexta-feira (25/09), em Campo Grande (MS). Conforme ele, o guia tem como base um projeto de retomada da economia e geração de empregos e renda para a população, elencando pilares importantes para subsidiar prefeitos a adotarem mudanças.

“Muitos prefeitos acabam discutindo saúde, educação e segurança, que são fundamentais, mas nesta eleição, mais do que nunca, será preciso também estabelecer uma agenda para a geração de emprego e o desenvolvimento econômico, muito caras ao setor empresarial, como a Lei de Liberdade Econômica, por exemplo, com mudanças que podem ser implantadas na legislação do município”, exemplificou o líder industrial.

O guia foi apresentado pelo diretor-superintendente do Sebrae/MS, Cláudio Mendonça, e contém dez dicas para uma gestão pública inovadora, eficiente, sustentável e desenvolvimentista. O material foi elaborado com apoio da Fiems e outras entidades do setor produtivo, como Famasul, Faems e Fecomércio/MS, e pode ser acessado pelo site www.candidatoempreendedorms.com.br.

O tesoureiro da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), Rogério Rosalin, que é prefeito de Figueirão, destacou que hoje três temas predominam nos municípios - eleições, economia e pandemia - e a cartilha vai auxiliar os futuros gestores a pensarem na recuperação da geração de renda e empregos para a população.

“Contamos com apoio das entidades do setor produtivo, das lideranças empresariais, para fazer este planejamento. São dez dicas fundamentais para os gestores e com certeza, aquele candidato que tiver uma mentalidade empreendedora, terá um diferencial”, considerou Rogério Rosalin.

O juiz eleitoral Daniel Castro, que representou o TRE/MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul), destacou que essa é uma eleição atípica, de crise sanitária, e a contribuição do setor empresarial será fundamental. “Vamos passar por este momento juntos porque, mais do que nunca, precisamos de união”, disse.

Diretor de Controle Externo do TCE/MS (Tribunal de Contas do Estado), Eduardo Dionizio destacou uma parceria da corte fiscal com o Sebrae/MS para incentivar os prefeitos a adotar uma gestão transparente e responsável com dinheiro público. “O que tem que se buscar é a sustentabilidade da economia local por meio dos negócios, o que é uma iniciativa muito interessante e beneficia a sociedade como um todo”, pontuou.

Representando o governador Reginaldo Azambuja, o secretário estadual de Governo e Gestão Estratégica, Eduardo Riedel, disse que o prefeito que tem real compromisso com a agenda de desenvolvimento do Estado deve seguir as dez dicas que constam na cartilha. “Essa agenda deve ser abraçada e principalmente colocada em prática por cada prefeito e vereador eleito, e adotar, pelo menos, uma dessas dicas como prioridade”, avaliou.

Na ocasião, o Conselho Deliberativo Estadual do Sebrae/MS também divulgou um documento de divulgação de 100 ações com projetos que já foram testados nos municípios e aprovados na prática, além da cartilha Retomada Econômica Municipal, que reúne os protocolos de segurança contra a Covid-19 elaborados pelo Sesi, para cada segmento econômico.

Também participaram do evento o secretário estadual de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck, e o presidente da Famasul, Mauricio Saito, o presidente da Faems, Alfredo Zamlutti, e o presidente da Fecomércio/MS, Edison Araújo.

 

Banner Whatsapp Desktop
Annelies
AL MS