21 de setembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
JBS - Covid 19
ECONOMIA

Investidores da Boi Gordo vão começar a ser ressarcidos

Administrador Judicial convoca cadastramento para credores da massa falida da Boi Gordo receberem valores investidos

16 julho 2018 - 12h05Da Redação
Aplicação na engorda dos bois prometia retorno de 42% em 18 meses
Aplicação na engorda dos bois prometia retorno de 42% em 18 meses - Divulgação

Os 32 mil credores do processo falimentar da Fazendas Reunidas Boi Gordo S/A, que constam no Quadro Geral de Credores (QGC), podem encaminhar seus CPFs para o administrador judicial, Gustavo Sauer, até o dia 23 de julho. A formalização  faz parte da fase preparatória de credenciamento que permitirá o recebimento de cerca de 10% dos investimentos em valores atualizados. Segundo o administrador judicial da massa falida, Gustavo Sauer, o pré-cadastramento servirá de base de dados para a montagem do site que permitirá o auto cadastramento dos credores ou de seus advogados. “A fase pré-sistema irá alimentar e trazer segurança ao próximo passo, que será assegurar a funcionalidade do site para o auto cadastramento”.

Os preparativos para os pagamentos dos credores, que aguardam há 13 anos pela restituição dos valores, dependem da confirmação do Cadastro de Pessoa Física nos endereços eletrônicos disponibilizados na página da massa falida da Boi Gordo.

Desde a decretação da falência, em 2004, foram vendidas mais de 60 fazendas distribuídas por 220 mil hectares, que geraram um levantamento de cerca de R$ 483 milhões. Com esse dinheiro, já foram pagos integralmente os credores trabalhistas — cerca de R$ 75 milhões. Agora, serão pagos todo o passivo tributário e os investidores”, explica Sauer.

O grupo será a primeira empresa do setor rural que ressarcirá os seus credores, diferentemente de exemplos semelhantes, como Gallus e Arroba, que também abriram falência. Embora o trabalho para recuperação de ativos ainda continue, o promotor do caso, Eronides Santos, lembra que a falência da Boi Gordo serve de alerta para que, “antes de investir, os interessados pesquisem e investiguem a idoneidade da empresa para então colocar altos valores em negócios considerados inovadores”.

À época, o grupo atraiu os investidores por meio de campanhas publicitárias em novelas e comerciais em TV e rádio.

Banner Whatsapp Desktop
GAL COSTA

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você apoia o retorno do ensino presencial em escolas públicas ainda no ano de 2020?

Votar
Resultados
SANESUL DIA DA ARVORE
TJ MS
pmcg ms