01 de outubro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
JBS - Covid 19
ECONOMIA

Ibovespa cai 0,51% em dia de negócios reduzidos por feriado em NY

29 maio 2017 - 17h11
O FLOR DA MATA - NOTICIAS

O feriado do Memorial Day nos Estados Unidos esvaziou o pregão na Bovespa, que movimentou nesta segunda-feira, 29, menos da metade de um dia "normal". A ausência do investidor estrangeiro, que desde o início da crise política vem dando sustentação ao mercado brasileiro, favoreceu uma correção nos preços das ações. Assim, o Índice Bovespa já iniciou o dia em terreno negativo e terminou a sessão aos 63.760,94 pontos, com baixa de 0,51%. Os negócios totalizaram R$ 3,1 bilhões, bem abaixo da média diária de maio, de R$ 9,9 bilhões.

O cenário político não chegou a provocar estresse entre investidores mas, por outro lado, não foi motivo de otimismo. A troca de ministros da Justiça, com nomeação de Torquato Jardim no lugar de Osmar Serraglio, foi vista com cautela, não pela decisão em si, mas pela incerteza quanto a possíveis desdobramentos políticos. "A demissão de Serraglio foi interpretada como mais uma das tentativas de Temer de se manter no cargo. Agora, o receio é de algum impacto à Lava Jato, o que por sua vez pode levar a mais manifestações populares. É aguardar para ver", disse um profissional. Serraglio também não informou ainda ao Palácio do Planalto se aceitará ser deslocado para o Ministério da Transparência.

As atenções, segundo os analistas, seguem bastante concentradas no julgamento da chapa Dilma-Temer no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), prevista para 6 de junho. Mais cedo, o ministro Gilmar Mendes, presidente do TSE, disse que a Corte "não é instrumento para solução de crise política". "Resolvam as suas crises", afirmou.

A queda do dia foi atribuída pelos operadores a uma leve realização de lucros, uma vez que a Bovespa encerrou a semana passada com valorização superior a 2%. Esse desempenho, que chegou a surpreender os analistas, foi possível graças ao ingresso de R$ 1,7 bilhão em recursos externos no mercado brasileiro de ações desde que a atual crise política teve início.

Entre as baixas do dia, as mais significativas ficaram com o setor financeiro. Banco do Brasil ON terminou o dia em baixa de 0,69%, enquanto Itaú Unibanco PN recuou 0,50% e Bradesco PN, 1,00%. Os papéis da Petrobras perderam 1,31% (ON) e 0,66 (PN), apesar da alta dos preços do petróleo nos mercados futuros internacionais. Já Vale ON e PNA subiram 0,72% (ON) e 1,14% (PNA) sustentadas por uma melhora nas perspectivas para a empresa, a partir de análises de instituições financeiras.

Banner Whatsapp Desktop