02 de março de 2021 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Economia

Dólar fecha em queda após baixa no mercado de trabalho dos EUA

11 janeiro 2014 - 08h22
A surpresa com a criação de empregos abaixo do esperado nos Estados Unidos em dezembro levou a uma correção para baixo do dólar frente às principais moedas, reduzindo as apostas de que o banco central americano poderia antecipar uma alta da taxa de juros para antes de 2015. A notícia acabou se sobrepondo à surpresa negativa com a inflação doméstica, que subiu 5,91% no ano passado, acima dos 5,84% registrados em 2012. No mercado local, o dólar fechou em queda de 1,34% a R$ 2,3650, depois de quatro dias seguidos de alta, encerrando a semana em queda de 0,38%. Já o contrato futuro para fevereiro recuava  1,14% para R$ 2,377.
 
Em dezembro, foram geradas 74 mil novas vagas de trabalho nos EUA, bem abaixo da previsão de 200 mil dos analistas ouvidos pela Dow Jones Newswires. A taxa de desemprego recuou para 6,7%, ante 7% em novembro, mas essa aparente melhora não foi suficiente para animar investidores, já que decorreu de uma redução na força de trabalho.
 
Os investidores apostavam na divulgação de um dado forte em dezembro, acompanhando o dado maior que o esperado da criação de vagas no setor privado, divulgado pela  Automatic Data Processing na quarta-feira. Lá fora o Dollar Index, que acompanha o desempenho da divisa americana frente a uma cesta com as principais moedas, recuava 0,42%.
Banner Whatsapp Desktop
Banner TCE