19 de setembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
 Águas Guariroba - [ Campanha Águas em Ação 3] - Full Banners
IMPOSTO DE RENDA

Brasileiros têm até o dia 05 de abril para declararem capitais ativos no exterior

Pesquisas apontaram que o número de brasileiros que investiu imóveis no exterior, especialmente em Miami e Orlando, aumentou cerca de 40% nos últimos dois anos.

16 fevereiro 2016 - 14h32DA REDAÇÃO
O FLOR DA MATA - NOTICIAS

O Banco Central começou a receber a declaração de pesquisa anual de Capitais Brasileiros no Exterior (CBE), e estarão obrigados a realizar a mesma brasileiros que tenham fora do país ativos de valor igual ou superior à U$$ 100 mil referente ao ano de 2015.

Recentes pesquisas apontaram que o número de brasileiros que investiu imóveis no exterior, especialmente em Miami e Orlando, aumentou cerca de 40% nos últimos dois anos, já que neste período o dólar se encontrou desvalorizado ante o real. Com a alta recente do dólar, muitos outros brasileiros também investiram em outros bens no exterior com o objetivo de lucrar. Estes, caso estejam enquadrados no valor estipulado para a declaração de CBE, deverão prestar contato com BC.

De acordo com o Dr. Francisco Arrighi, diretor da Fradema Consultores Tributários, é fundamental a declaração ao BC, pois para realização de qualquer compra ou depósito de valores no exterior, obrigatoriamente este dinheiro foi remetido por um banco ou corretora através do Banco Central do Brasil, e anualmente o Brasil quer controlar como estão estes valores ou bens no exterior. Estas declarações ao BC serão checadas com a declaração de Bens do Contribuinte através dos cruzamentos normais da RFB, além do fornecimento de informações de brasileiros enviadas através de convênios firmados com o Governo destes outros países.

As declarações poderão ser entregues até às 18h do dia 05 de abril, e o formulário para preenchimento está disponível no site do Banco Central. 

O não cumprimento da obrigação acessória implica em penalidades e sujeitará o contribuinte a multas previstas na legislação, que variam entre 10% e 100% do capital aplicado na forma do artigo 1º da Medida provisória 2224 de 2001 e Resolução 3854 de 27/05/2010 da CMN. Existe ainda a possibilidade de multa extra pela omissão de informações ou apresentação de informações falsas e/ou incompletas, multa esta que pode chegar à R$ 250.000,00(duzentos e cinquenta mil reais).

É válido lembrar que além das Pessoas Físicas, as Pessoas Jurídicas que mantêm dinheiro ou bens no exterior, também deverão declarar sendo anual, bens com valores de USD 100.000,00 a USD 99.000.000,00, acima de USD 100.000.000,00, a declaração deve ser trimestral.

Sobre a Fradema Consultores Tributários

Com atuação desde 1988, a Fradema Consultores Tributários possui forte atuação no contexto judicial e administrativo nas esferas federal, estadual e municipal, com sedes em todo o território nacional como nos estados do Distrito Federal, Bahia, Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Santa Catarina, São Paulo, Paraná e Amazonas.

A empresa elabora com eficiência e competência, defesas e pareceres, revisando todos os procedimentos a serem feitos baseados na legislação, a fim de tomar medidas apropriadas para cada caso. Tudo fundamentado em um planejamento cuidadoso e de uma supervisão fiscal permanente por parte da empresa. Por conta disso, hoje, a Fradema Consultores Tributários é uma das maiores e mais tradicionais empresas de consultoria tributária do País.  

Os escritórios contam com um sistema informatizado desenvolvido pela própria Fradema nas áreas trabalhistas, contábil, fiscal, financeira, societária, gerencial e soluções via internet através de parcerias com empresas especializadas e para o total sucesso, conta com uma equipe de profissionais altamente qualificados e capacitados nas áreas onde atuam, utilizando-se ainda de colaboradores e consultores externos quando necessário. 

Site: www.fradema.com.br | fradema@fradema.com.br

Banner Whatsapp Desktop
TJ MS INTERNO

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Considerando a pandemia do novo coronavírus, você acha que o TSE deveria ter editado resolução e tornado o voto não obrigatório este ano?

Votar
Resultados
GAL COSTA
TJ MS
pmcg ms