01 de dezembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
aguas novembo
CULTURA

Projeto contemplado por prêmio nacional realizou ação no curso de Artes Cênicas e Danças da Uems

11 maio 2017 - 17h30
Fort Atacadista Natal

Campo Grande (MS) – Um projeto de dança inovador que relaciona corpo, cidade e câmera. Assim é o Plataforme-se, projeto tem apoio da Fundação de Cultura de MS por meio do Prêmio Célio Adolfo de Incentivo à Dança 2016 (categoria jovens criadores) e vai ser realizado em junho e julho. É o primeiro trabalho como criador do artista sul-mato-grossense Ralfer Campagna. Para aproximar estudantes da área ao processo criativo deste projeto, foi realizada uma ação de experimentação e troca na quarta-feira (10.5), na Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (Uems). 

A proposta de Plataforme-se é contemplar quatro eixos de ações: uma aproximação artística do processo criativo, a produção de um espetáculo-intervenção, a produção e exibição de três videodanças e a criação de uma plataforma virtual, que estabeleça diálogo entre a dança e o audiovisual. “O objetivo da aproximação artística foi mostrar aos acadêmicos o nosso processo de criação, por meio de dinâmicas e debates sobre temas relacionados. Dialogar com esses futuros profissionais é investir na formação de redes colaborativas e contribuir na relação entre artista, obra e público”, ressalta o idealizador.

Ralfer atua na área da dança desde 2009, iniciou a carreira com as danças urbanas. Desde 2012 vinha idealizando este projeto e inscrevendo-o em editais públicos e privados, a fim de executá-lo. Agora, com a conquista do Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna 2015 e Prêmio Célio Adolfo de Incentivo à Dança 2016 (categoria jovens criadores), coloca em prática este projeto. “Com o passar dos anos fui amadurecendo esta ideia e os processos artísticos pelo quais passei me incentivaram a estudar, pesquisar e criar um projeto em dança, buscando novas experiências”, acrescenta.

Por ser seu primeiro trabalho solo como diretor e criador, Ralfer convidou o renomado artista da dança Vanilton Lakka, de Minas Gerais, para participar do processo de criação, experimentação e troca. Eles se conheceram durante a Mostra Cerrado Abierto, realizada pela Arado Cultural, em Campo Grande, em 2016.

Lakka traz na bagagem grandes experiências na área. Seus primeiros passos dados na carreira foram com as danças urbanas, ainda na adolescência. Aos poucos foi avançando, estudando dança clássica, moderna e contemporânea. Formou-se em Ciências Sociais, é mestre em Artes pelo PPGArtes da Universidade Federal de Uberlândia, faz doutorado em Artes Cênicas e atua como professor na graduação em dança da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Um dos destaques de suas criações coreográficas é a exploração da relação arte cidade no ambiente urbano.

A orientação de Lakka começou de forma virtual, durante meses eles trocaram materiais, vídeos, experiências e ideias pela internet. Nos dias 5, 6 e 7 de maio, o convidado esteve na Capital acompanhando os ensaios e contribuindo com a criação e formatação do projeto. “Nestes dias pudemos confrontar a teoria e a prática, tudo o que vínhamos conversando e debatendo nos últimos meses, foi um período de muitas inspirações e trabalho”, completa o mineiro.

 

O projeto contará com a criação de três videodanças e seis exibições dos materiais produzidos, sendo as gravações em junho e as exibições em julho. Nos dias 29 e 30 de junho e 01 de julho, serão realizadas oito apresentações do espetáculo intervenção, em diferentes espaços de Campo Grande. Também será criada a primeira plataforma virtual de Mato Grosso do Sul, conforme explica Ralfer: “A ideia é que seja um espaço de armazenamento e uma plataforma de proposição de atividades que tenham essa relação do corpo com a cidade, podendo ser videodança, discussões sobre essa temática, entre outros”.

A relação entre o mover­-se do corpo, o cotidiano da cidade e o olhar da câmera serão meios para abordar e registrar os pequenos desenhos criados no processo evolutivo do movimento. Em cena estarão Ralfer Campagna e Jackeline Mourão. Outras informações pelo telefone (67) 9 9238-2829 e pela fanpage.

Emmanuelly Castro – Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (Uems), com assessoria do Artista

Fotos: Reginaldo Borges

Banner Whatsapp Desktop
Comper sem sair de casa

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

O que você pretende fazer com o 13º salário?

Votar
Resultados
PREF DE MJU
Departamento de Operações de Fronteira - Disque Denúncia