27 de novembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
aguas novembo
NOVO LIVRO

Poeta Rubenio Marcelo lançará novo livro: “Vias do Infinito Ser”

O lançamento oficial acontecerá em 16 de maio

11 maio 2017 - 08h38Da Redação
O Livro: publicado pela Editora Letra Livre, o novo livro de Rubenio Marcelo traz 115 poemas em versos livres da sua fase atual de produção
O Livro: publicado pela Editora Letra Livre, o novo livro de Rubenio Marcelo traz 115 poemas em versos livres da sua fase atual de produção - Divulgação
Fort Atacadista Natal

O poeta Rubenio Marcelo lançará uma nova obra literária: “Vias do Infinito Ser”, livro aprovado pelo Fundo de Investimento Culturais (FIC-MS). O lançamento oficial acontecerá em 16 de maio (terça-feira), às 19h30min, no Teatro Prosa (SESC Horto), Rua Anhanduí nº 200, Centro - Campo Grande/MS.

Evento com atrações artísticas: Como parte das atrações do evento cultural, haverá na programação uma seleta e concisa pauta artística, na abertura, com destaque para apresentações musicais de amigos do poeta, nomes representativos da música regional (como Galvão, Zé Du, Gilson Espíndola e Paulinho Manassés, que cantarão composições autorais da parceria com Rubenio Marcelo), e também performances especiais da arte do dizer poético/declamação (com ícones regionais desta arte: Elizabeth Fonseca, Walesca Cassundé, Evandro Walker, Aloizio Soares, e Geraldo Martins).

O Livro: publicado pela Editora Letra Livre, o novo livro de Rubenio Marcelo traz 115 poemas em versos livres da sua fase atual de produção. A obra possui apresentação de Paulo Nolasco (prof. de Literatura, doutor em letras, membro da ASL) e prefácio do poeta e crítico de arte José Fernandes (prof. e doutor em letras, membro da Academia Goiana de Letras) – além de comentários de ‘aba/orelha’ dos escritores/críticos Antonio Carlos Secchin (da ABL), Gilberto Mendonça Teles e Henrique de Medeiros. Aprovado pelo FIC-MS, este 11ª livro autoral de Rubenio Marcelo (“Vias do Infinito Ser”) apresenta poemas dosados de efeitos metafóricos e sintonizados com linguagem filosófica e aspectos da espiritualidade humana – a obra expõe também mensagens voltadas para reflexões acerca da virtude e aspectos existenciais além do imediatismo cotidiano.

O autor: Poeta escritor, compositor e revisor, Rubenio Marcelo é membro e secretário-geral da Academia Sul-Mato-Grossense de Letras (ASL), autor de onze livros e dois CDs, sendo sua obra mais recente esta: “Vias do Infinito Ser”. Destacam-se também em sua produção os livros “Estigmas do Tempo” (2001), “Reticências” (2002), “Graal das Metáforas” (2007), “Horizontes d’Versos” (2009), “Voo de Polens” (2012), e “Veleiros da Essência” (2014). É membro correspondente da Academia Mato-Grossense de Letras (AML). Detentor de premiações pela sua atuação literocultural, é um dos vencedores do tradicional concurso literário ‘Noite Nacional da Poesia’. Com experiências em participações a convite de feiras literárias e bienais, integrou – como convidado – a Bienal Internacional de Poesia (que aconteceu em Brasília, reunindo expressivos nomes da poesia nacional e do exterior), e também participou de outros eventos do gênero, como a Feira Literária Internacional de Tocantins (FLIT), a FLIB (Feira Literária de Bonito/MS) e, recentemente, a Feira do Livro de Brasília. É um dos autores homenageados no livro ‘Vozes da Literatura’ (FCMS), que também enfoca sua obra e biografia.

Crítica: Sobre o novo livro de Rubenio Marcelo, assim assevera o prefaciador José Fernandes (que é poeta/crítico e doutor em Letras pela UFRJ): “O livro ‘Vias do Infinito Ser’ se compõe de uma poesia profunda, marcada por forte dimensão metafísica, como requer a concepção de infinito a que o ser tem de conquistar durante a existência. Para isso, o jogo poético, tal como o existencial, se executa entre o finito, o concreto, o físico, e o essencial, abstrato, metafísico, infinito. Em decorrência, a leitura de cada poema não pode ser feita em uma sentada, mas sorvida mediante várias leituras, a fim de que se possa mergulhar na essência mesma da poesia e no sublime que ela encerra. A viagem pelo poema, deste modo, assemelha-se à viagem do ser em busca do infinito. Tem de ser executada passo a passo...”.

Raquel Naveira (poeta e acadêmica da ASL), afirma: “Em “Vias do Infinito Ser”, Rubenio Marcelo percorre vias de infinito, de essência, de sobrenatural. Vias de dúvidas, de certezas, de dores e êxtases. Para essa tarefa espiritual, vê-se “entre a cruz e a encruzilhada das palavras”, bifurcações de caminhos e escolhas estéticas e existenciais”.

O escritor, jornalista e acadêmico Henrique de Medeiros diz: “Neste novo livro, Rubenio Marcelo veleja, filosofa, canta, expõe o verbo poetar em sua essência, e principalmente busca o essencial: o ser”.

Já o escritor J. P. Frazão, membro da Academia Sul-Mato-Grossense de Letras, assegura: “Ao desvendar o fenômeno das intuições e do fantástico místico incorporado neste livro ‘Vias do Infinito Ser’, testemunhamos que a infinitude poética se confirma em cada verso, filosoficamente criado, como um fio de sensações cósmicas interligando astros e nos conduzindo ao misterioso princípio/fim da existência”.

O livro “Vias do Infinito Ser” é credenciado também por críticos literários nacionais, como o poeta e membro da Academia Brasileira de Letras, Antonio Carlos Secchin, que afirma: “Na poesia de Rubenio Marcelo, em vez de o ser humano habitar o cosmo, é o universo que reside no homem. Tudo emana da força da poesia, e é com essa luz de dentro, deflagrada pela poder do verbo, que subitamente as coisas ganham forma e novo sentido. Como se lê em um de seus poemas, “palavras saltam muralhas e viram estrelas”.

Banner Whatsapp Desktop
Departamento de Operações de Fronteira - Disque Denúncia