27 de setembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
PMCG
VARIEDADES

Número 2 da Fundação Casa de Rui Barbosa é exonerado

Para o lugar de Ronaldo Leite Pacheco Amaral foi nomeado, também nesta quinta, Marcos José da Silva Neves

13 agosto 2020 - 07h22
O cargo de diretor executivo é o segundo mais importante da instituição.
O cargo de diretor executivo é o segundo mais importante da instituição. - ( Foto: Laisa Gomes/Fundação Casa de Rui Barbosa)

Ronaldo Leite Pacheco Amaral, nomeado em janeiro deste ano como diretor executivo da Fundação Casa de Rui Barbosa, foi exonerado do cargo nesta quinta-feira, 13. Amaral substituiu Lucia Maria Velloso de Oliveira, que atuava na instituição havia 26 anos, uma semana depois que a presidente Leticia Dornelles afastou também o diretor e os chefes dos centros de pesquisa, incluindo Flora Süssekind, que pediu sua aposentadoria recentemente, quase 40 anos depois de chegar à Casa de Rui Barbosa como bolsista.

Para o lugar de Ronaldo Leite Pacheco Amaral foi nomeado, também nesta quinta, Marcos José da Silva Neves.

Ele foi servidor da Controlodaria-Geral da União e, em maio passou, a exercer a função de auditor interno na Fundação Casa de Rui Barbosa. Marcos Neves já foi candidato a vereador no Rio de Janeiro, em 2016.

O cargo de diretor executivo é o segundo mais importante da instituição. Na ausência da presidente, é ele quem assume.

Um dos mais importantes centros de pesquisa do País e guardiã de importantes acervos, a Fundação Casa de Rui Barbosa corre o risco de ser transformada em uma casa-museu. Ela é vinculada à Secretaria Especial de Cultura.

Banner Whatsapp Desktop
GAL COSTA

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você já sabe em quem votar para prefeito de seu município?

Votar
Resultados
FORT ATACADISTA - Carne Fresca (interno)
pmcg ms
TJ MS