28 de setembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
sebrae revolution2
AO VIVO Acompanhe a transmissão do jornal GIRO ESTADUAL DE NOTÍCIAS
Transmitido simultaneamente para as emissoras do Grupo Feitosa de Comunicação
ANDRÉ STURM

Manifestantes ocupam Secretaria Municipal de Cultura em São Paulo

31 maio 2017 - 17h09

Manifestantes ocuparam a Secretaria Municipal de Cultura na tarde de hoje (31) pedindo a saída do secretário André Sturm e o descongelamento de recursos para a cultura.

O grupo argumenta que a secretaria teve 43,5% de seu orçamento congelado neste ano e que, desde o início de 2017, trabalhadores da cultura têm se mobilizado contra o que consideram o desmonte das políticas públicas da área. Segundo a organização do protesto, há cerca de 60 pessoas na ocupação. A secretaria não confirma o número de participantes.

O ato ocorre dois dias após o secretário ameaçar um agente cultural em reunião sobre a administração da Casa de Cultura Emerlino Matarazzo, na zona leste da capital paulista. O rapaz gravou o áudio e divulgou para a imprensa. Na gravação da reunião, ocorrida na última segunda-feira (29), Sturm diz “vou quebrar sua cara”.

De acordo com um representante da Frente Única da Cultura, que participa da ocupação, o grupo pede a presença do prefeito João Doria para uma conversa. O entrevistado, que preferiu não se identificar, disse que há uma seletividade para destinação da verba da Secretaria Municipal da Cultura. Segundo ele, a região central da cidade recebe a maior parte dos recursos, enquanto na periferia não chega tanto investimento. O grupo pede também que 3% do orçamento total do município seja destinado à Cultura.

Procurada pela Agência Brasil, a Secretaria Municipal de Cultura não se posicionou sobre a ocupação nem sobre a ameaça de agressão. A vereadora Sâmia Bomfim informou que protocolou representação junto ao Ministério Público (MP) para denunciar o secretário por abuso de autoridade após a divulgação do áudio da reunião. “Sturm ameaçou agredir fisicamente artistas de Ermelino Matarazzo, mostrando completo descontrole e incapacidade de diálogo com o movimento de cultura da cidade”, divulgou a vereadora em sua rede social.

 

Banner Whatsapp Desktop
TJ MS INTERNO

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você já sabe em quem votar para prefeito de seu município?

Votar
Resultados
GAL COSTA
pmcg ms
TJ MS