04 de março de 2021 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Cultura

Fundac libera R$ 1,7 milhão para Fmic e Fomteatro

6 fevereiro 2014 - 16h45
Cassems
Hoje pela manhã, na Escola Municipal de Governo, o prefeito Alcides Bernal (PP) e o diretor-presidente da Fundação Municipal de Cultura, Júlio Cabral, participaram com artistas da solenidade para a assinatura de convênio entre a Prefeitura de Campo Grande, por meio da Fundac e Associação de Desenvolvimento Artistico-Cultural e Mercado Cênico, para repasse de recurso financeirodo  do Fundo Municipal de Investimentos Culturais (FMIC) e do Programa de Fomento ao Teatro (Fomteatro), no valor de R$ 1,7 milhão.
 
Os recursos irão atender 37 projetos do FMIC, com R$ 1,3 milhão, e 13 projetos Fomteatro, com R$ 400 mil. 
 
De acordo com o diretor-presidente da Fundac, Júlio Cabral, a assinatura desses projetos são para os artistas darem andamento aos seus projetos. “Estes recursos beneficiam os artistas e toda a população da Capital que passam a ter acesso a arte. Para este ano vamos ampliar os recursos para o FMIC e Fomteatro, que vão chegar à ordem de R$ 4 milhões. Isso demonstra o compromisso que o prefeito Alcides Bernal tem com a Cultura."
 
Durante o evento, o presidente do Fórum da Cultura, Vitor Samúdio, disse que Campo Grande já viveu um momento histórico na cultura, dado com a autorização do prefeito Bernal ao autorizar neste ano o 1% para a cultura que foi uma luta de mais de dez anos. “Este é um grande passo, e com estes recursos autorizados pelo município vamos ter ações mais eficientes por parte dos artistas. Esta parceria com a Prefeitura é importante. Sem cultura e educação não se tem um povo educado."
 
O presidente do Conselho Municipal da Cultura, Ângelo Arruda, reforçou que Bernal cumpriu o compromisso com a cultura. “Quem atua na cultura sabe da importância desses recursos para nossa cidade. Neste ano, o FMIC e o Fomteatro juntos terão R $4 milhões. Este valor é 20 vezes maior do que há oito anos. Comemoramos, mas a população deve conferir o livro, os trabalhos dos artistas que são pagos com recursos públicos."
Banner Whatsapp Desktop
Banner TCE