25 de outubro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
TCE - Devolução Auxílio Emergencial
Cultura

Campo Grande terá Sala do Escritor; inauguração será segunda

11 dezembro 2009 - 13h25
Fort  Atacadista - 21 ANOS

  A Prefeitura Municipal de Campo Grande, por meio da Fundação Municipal de Cultura (Fundac) e do Instituto Histórico e Geográfico do Mato Grosso do Sul, inaugura a 1ª Sala do Escritor Sul-Mato-Grossense, compondo um dos espaços da Casa da Ferrovia, onde os escritores da capital e do Estado terão acesso direto expondo, divulgando e comercializando suas obras.

  No mesmo evento será lançada a 12ª edição do projeto “Eu Sou História”, intitulado “Campo Grande desde a fazenda Bálsamo”, de autoria da escritora e professora Maria Garcia, trineta do fundador de Campo Grande, José Antônio Pereira. Na obra, a autora relata lembranças da fazenda Bálsamo, atual museu José Antônio Pereira e informações sobre a evolução de Campo Grande.

  O projeto Eu Sou História, implantado no ano 2005 tem por objetivo escrever uma nova página da história da Capital, agregar valores e incentivar a auto-estima das pessoas que viveram e vivem na cidade.

  O professor Hildebrando Campestrini, ministrante do projeto, reitera que é de fundamental importância registrar a história das pessoas e da Capital, principalmente, neste ano em que a cidade completou 110 anos.

  A Profª Maria Garcia é pedagoga aposentada, ex-presidente da ACP - Sindicato dos Professores de Campo Grande, exerceu também funções na E. Pandiá Calógeras; Bernardo Franco Baís; E. M. Arlindo Lima; E. E. Maria Constança de Barros; E. Normal Joaquim Murtinho. Lecionou no colégio Centro Interescolar do Cruzeiro Novo, em Brasília; Técnica em Educação da Fundação Educacional do Distrito Federal e Delegada da Associação Internacional de Esperanto em Mato Grosso do Sul. Hoje realiza cursos de Oratória na Capital.

Banner Whatsapp Desktop
PMCG
AL MS