13 de agosto de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Banner Senar MS - Paisagens Rurais (10/08 a 20/08)
VARIEDADES

As 5 maiores polêmicas de J.K. Rowling, que chega aos 55 anos

31 julho 2020 - 16h47
FAMASUL - SENAR

A escritora britânica J.K. Rowling, conhecida pela série infantojuvenil Harry Potter, completa 55 anos nesta sexta-feira, 31, em meio ao escrutínio público por algumas de suas declarações recentes. Veja cinco polêmicas nas quais a autora já se envolveu:

J.K. Rowling foi recentemente acusada de transfobia ao brincar com um artigo que falava sobre sexismo e as injustiças contra "pessoas que menstruam". Segundo ela, "pessoas que menstruam" são mulheres. No entanto, a ideia do artigo era ser inclusivo para pessoas trans, mulheres que não menstruam. Esse breve comentário acabou se desdobrando em uma série de declarações da escritora, que foi rebatida pelos atores da saga Harry Potter e desautorizada até mesmo por Stephen King.

Boicote a Israel
Rowling publicou um artigo no jornal inglês The Guardian criticando o boicote cultural que diversos artistas promoveram contra Israel por causa das políticas implementadas pelo primeiro-ministro do país Benjamin Netanyahu. Ela foi duramente criticada e teve de explicar que não apoiava o mandatário israelense.

Rupert Murdoch e muçulmanos
Quando o magnata da mídia Rupert Murdoch afirmou que os muçulmanos deveriam ser responsabilizados por atentados terroristas, Rowling replicou: "Eu sou cristã. Se eu devo ser responsabilizada por Murdoch, então vou me auto-excomungar."

Imprensa
Apesar de ser uma tuiteira convicta, J.K. Rowling se diz uma reclusa por conta de sua aversão a entrevistas. Ela já processou jornais ingleses diversas vezes e, em geral, sua representação da imprensa é bastante negativa em suas obras -- basta ver Rita Skeeter, a repórter fofoqueira de Harry Potter.

Plágio
Rowling foi acusada de plágio algumas vezes por escritores cujas obras guardam semelhanças com o universo de Harry Potter, como Adrian Jacobs, autor de Willie the Wizard, e Nancy Kathleen Stouffer, autora de Larry Potter. Rowling venceu ambas as disputas judiciais.

Banner Whatsapp Desktop
Cornavirus
agecom - fullbanner