19 de janeiro de 2021 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
campo grande ms

Devido aumento de Covid-19, Unimed Campo Grande suspende visitas para evitar avanço

As ações são necessárias para manter a segurança de pacientes, familiares, colaboradores e profissionais da saúde

26 novembro 2020 - 17h10Da Assessoria de Comunicação
Para manter familiares informados nesse momento, a Unimed Campo Grande disponibilizou uma equipe exclusiva que, diariamente, atualizará o quadro dos pacientes
Para manter familiares informados nesse momento, a Unimed Campo Grande disponibilizou uma equipe exclusiva que, diariamente, atualizará o quadro dos pacientes - (Foto: Divulgação)

Com o aumento significativo de casos de Covid-19 em todo o Mato Grosso do Sul e, consequentemente, do número de internações no Hospital Unimed Campo Grande, a cooperativa decidiu suspender as visitas em seu hospital a partir desta quinta-feira (26/11). 

O objetivo é intensificar a segurança dos pacientes internados, de seus acompanhantes e dos profissionais de saúde, visando assim conter o avanço da doença, que passa agora pela segunda onda, podendo comprometer o sistema de saúde no Estado. 

A medida adotada pela cooperativa médica faz parte do conjunto de ações implantadas desde o início da pandemia da Covid-19, com a finalidade de garantir aos seus beneficiários com suspeita ou confirmados com a doença o melhor atendimento. 

Para manter familiares informados nesse momento, a Unimed Campo Grande disponibilizou uma equipe exclusiva que, diariamente, atualizará o quadro dos pacientes. 

Ainda de acordo com a diretoria, é preciso concentrar esforços, mais uma vez, para conter o avanço desta doença e segue fazendo um alerta à população: “A sociedade precisa focar suas energias em medidas que trazem maior resultado neste momento e o foco é manter o distanciamento social, higiene adequada das mãos e o uso de máscaras. Medidas fundamentais de cuidado e prevenção amplamente divulgadas pela cooperativa médica desde o início da pandemia”, reforçou o presidente, Dr. Maurício Simões Correa.

Banner Whatsapp Desktop