02 de março de 2021 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
AutoNews

Montadoras anunciam lançamentos para o Brasil

20 janeiro 2014 - 13h30
500 será importado do México
500 será importado do México - Divulgação
O mais norte-americano dos salões automotivos está tendo um tom de MPB. Afinal de contas, nunca na história daquele país, as montadoras locais e estrangeiras aproveitaram a vitrine que é o Naias (North American International Auto Show), em Detroit, para anunciar a importação de novos carros para o mercado brasileiro. 
 
São modelos que nos próximos meses, praticamente de forma simultânea com os mercados do 1º mundo, estarão nas ruas brasileiras. São importados, sem previsão de produção em solo nacional, mas que não estão distantes da realidade local e do sonho de consumo dos brasileiros. 
 
O pequeno que é querido principalmente pelas brasileiras, vai chegar agora com uma versão mais "macho". O 500 com a assinatura da Abarth (braço esportivo da Fiat) será importado do México e deve chegar no segundo semestre. Além do visual mais rebelde, o 500 Abarth se destaca também pelo motor 1.4 16V MultiAir de 160 cv de potência. A previsão de preço é que fique na faixa dos R$ 75 mil.
 
Quando a Jeep apresentou as primeiras imagens da nova Cherokee, no ano passado, as críticas ao design do utilitário jorraram de todos os cantos. Mas diferente do que diz o verso de Aquarela do Brasil (de Ary Barroso), o SUV norte-americano não tem nada de inzoneiro, ou manhoso. Ele é pura força com os motores 2.4 de 164 cv e o 3.2 V6 de 271 cv de potência. O modelo ainda estreia o novo câmbio automático de nove velocidades.
 
Como não cantar nos versos do carro que foi eleito como o mais bonito de 2013 em várias premiações na Europa? O Brasil já conhece a versão sem teto do Jaguar F-type e nos próximos meses poderá apreciar as belas curvas da versão cupê, que está sendo apresentada em Detroit. As três configurações de motor com 340 cv, 380 cv e 495 cv também pintarão por aqui. 
 
A BMW vai ter que sambar muito para conseguir fechar um preço atrativo para aquele que será o primeiro carro 100% elétrico a ser vendido no País. O i3 chega em setembro e a grande dúvida é se o governo (até lá) vai criar alguma forma de incentivo fiscal aos carros ecológicos. Se isso não acontecer, pode esperar um preço fora da realidade para o hatch, algo acima dos R$ 200 mil.
 
Ginga
 
Mesmo nas versões mais simples, os compactos da Mini são pura diversão. Mas ginga mesmo quem tem mais é a versão John Cooper Works, que foi apresentada em Detroit ainda como conceito, mas que em março nascerá na forma de produção. A previsão de chegada do compacto apimentado no Brasil é no primeiro semestre de 2015. O modelo deverá ser puxado pelo valente motor 2.0 turbo de 217 cv de potência. 
 
A união do máximo luxo da família A8 com o tempero forte da linha S da Audi faz o novo S8 um caso evidente de amor à primeira vista. Chegando agora ao mercado norte-americano, o sedã com pegada superesportiva e de gigantes 5,14 metros deverá chegar por aqui apenas em 2015. Para puxar tanto carro, nada melhor do que o motor biturbo V8 4.0 de 495 cv de potência.
 
Novo S8 da Audi
 
Da mesma forma que dizem que Deus é Brasileiro, também é de senso comum que os carros da Subaru são para quem gosta de emoção. Com DNA de rali, os modelos da marca japonesa se destacam pelas fortes motorizações e a tração sempre integral. A novidade que nasceu em Detroit e que chega ao Brasil no segundo semestre é o WRX (ex-Impreza), que tem novo motor 2.0 turbo de 268 cv e o câmbio pode ser manual ou CVT.
Banner Whatsapp Desktop
Banner TCE