01 de dezembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
SESI - Campanha Industria Geração de Empregos 1
leilão

Leilão para vender 30 lotes de veículos apreendidos com drogas acontece até dia 30

São lotes com direito à documentação

21 outubro 2020 - 14h30Da Redação
Podem participar do leilão pessoas jurídicas ou físicas ou procuradores
Podem participar do leilão pessoas jurídicas ou físicas ou procuradores - (Foto: Divulgação)
Fort Atacadista Natal

Com lances iniciais a partir de R$ 200, a Secretaria Nacional de Políticas Sobre Drogas (Senad) em parceria com a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) realizam um leilão eletrônico para vender 30 lotes de veículos, sucatas e bens que foram apreendidos com o tráfico em Mato Grosso do Sul.

Entre os bens ofertados estão carros populares, entre eles um Fiat Uno Vivace, 1.0, ano/modelo 2010/2011, que iniciou o leilão a R$ 3.000,00, carro de luxo, como o Hyundai Elantra, ano/modelo 2014/2015, com lance inicial de R$ 10.000,00, motocicletas, caminhões e até semirreboques.

São lotes com direito à documentação, ou seja, que podem circular normalmente após serem transferidos e regularizados junto aos órgãos de trânsito e sem direito à documentação, que neste caso podem somente ser vendidos como sucata, sendo vedado o emplacamento ou circulação, por exemplo.

O leilão segue até às 15h do próximo dia 30 e para participar os interessados devem realizar um cadastro no site pelo menos 48h antes do fechamento do leilão, para análise dos dados do cadastro e confirmação da participação. O edital e todas as regras do leilão estão disponíveis no link.

Podem participar do leilão pessoas jurídicas ou físicas ou procuradores, desde que munidos de instrumento público ou particular de mandato. As pessoas físicas devem apresentar cédula de identidade e comprovação de inscrição do Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) e, as jurídicas, registro empresarial na Junta Comercial e a comprovação de inscrição no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ).

Após a pessoa dar um lance e este ser aceito pela leiloeira responsável pelo certame, não será admitida desistência e o participante fica sujeito à responsabilização penal, nos termos da Lei n. º 8.666/1993.

Banner Whatsapp Desktop
Departamento de Operações de Fronteira - Disque Denúncia