26 de fevereiro de 2021 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
IPVA 2021
Agronegócio

Soja expande-se na fronteira do Brasil com o Uruguai

13 fevereiro 2014 - 14h39
Os bons resultados obtidos com a soja na fronteira entre Brasil e Uruguai garantem novo avanço da cultura nesta temporada nos imensos campos de várzea da região, tradicionalmente dedicados à rizicultura e à pecuária. As lavouras sofreram com falta de chuva em dezembro e excesso em janeiro, mas vêm recebendo precipitações mais regulares nas últimas semanas, o que favorece a recuperação das plantas.
 
A produtividade esperada na região se aproxima de 50 sacas por hectare - muito próxima da média brasileira -, apurou a Expedição Safra 2013/14, em viagem pelos pampas. A marca anima os produtores, que mantêm o arroz como cultura principal. A rentabilidade da oleaginosa por hectare está ultrapassando a alcançada na produção de carne e de leite.
 
No Nordeste uruguaio (nos departamentos de Treinta y Tres e Cerro Largo) e no sul gaúcho, há fazendas de 10 mil hectares que dedicam de 25% a 35% da área à soja. Nos últimos cinco anos, o Uruguai triplicou a área dedicada à oleaginosa, que agora passa de 1 milhão de hectares. Nesta temporada, a colheita é estimada em 3,1 milhões de toneladas.
 
A região está sendo percorrida pela Expedição Safra desde segunda-feira. Esta é a primeira vez que o Uruguai recebe a sondagem técnico jornalística, que está em sua 8ª edição e já rodou mais de 350 mil km em dez países na América do Norte e do Sul, Europa e Ásia. A temporada 2013/14 incluirá também uma viagem à África. 
 
A sondagem periódica ocorre em 14 estados brasileiros, mais as regiões produtoras dos Estados Unidos, Paraguai e Argentina. Para ampliar a discussão de mercado, nas últimas duas safras os técnicos e jornalistas estenderam o trabalho de campo com incursões à Europa (Alemanha, Holanda, Bélgica e França), China e Índia. Na temporada 2013/14, desembarcam na África. Outras informações: www.expedicaosafra.com.br.
Banner Whatsapp Desktop

Deixe seu Comentário

Veja Também

Mais Lidas

TJ MS
Banner TCE