28 de outubro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
TCE - Devolução Auxílio Emergencial
AO VIVO Acompanhe a transmissão do jornal GIRO ESTADUAL DE NOTÍCIAS
Transmitido simultaneamente para as emissoras do Grupo Feitosa de Comunicação
Agropecuária

MS avalia soluções para identificação de bovídeos

11 agosto 2009 - 16h49
Fort  Atacadista - 21 ANOS

   Determinado a formatar uma solução tecnológica para a identificação do rebanho de bovídeos, o governo do Estado, por meio de um Grupo Consultivo ligado à Câmara Setorial da Bovino e Bubalinocultura, iniciou nesta terça-feira (11) as discussões para definição do projeto. A primeira reunião técnica avaliou propostas de algumas instituições e empresas que possuem soluções para a identificação e/ou rastreabilidade animal. A agenda aconteceu na Secretaria de Desenvolvimento Agrário, Produção, Indústria, Comércio e Turismo (Seprotur).

   Criado para definir a ‘solução’ a ser seguida pelo governo estadual, no encontro de hoje o Grupo Consultivo conheceu as propostas da Federação da Agricultura de Mato Grosso do Sul (Famasul) e da Embrapa, e de outras três empresas que atuam na área de tecnologia para identificação animal.
 
  O coordenador da Câmara, Alexandre Scaff Raffi, explicou que o grupo de trabalho foi formalizado semana passada (dia 4) durante reunião da Câmara Setorial. Ainda segundo ele, o grupo é formado por representantes da cadeia e foi criado com o intuito de envolver todo o setor para participar da construção de um sistema que virá a beneficiar a cadeia, “pois seremos o primeiro Estado a implantar um programa de identificação para abranger um rebanho tão significativo”.

   Na reunião da semana passada o secretário Adjunto da Seprotur, Paulo Engel, explicou que o governo vem recebendo constantes empresas com propostas relativas ao projeto que o Estado pretende implantar. “Caberá ao Grupo Consultivo, através da Câmara, conhecer e analisar as propostas e destas tirar uma ferramenta auditável, simples, confiável e adequada à realidade da pecuária de corte estadual”, explica Engel sobre as diretrizes do novo sistema de identificação e rastreabilidade animal que está sendo construído pelo governo de Mato Grosso do Sul.

  Ficou definido pela Câmara Setorial que o Grupo de Estudo irá se reunir semanalmente. Sendo assim, os trabalhos terão continuidade na próxima semana em agenda que deve acontecer na Seprotur.

Banner Whatsapp Desktop
MS Digital
Annelies