26 de setembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
JBS - Covid 19
AGRONEGÓCIO

Di Grassi fala para líderes e executivos do agronegócio

Piloto e empresário do setor da mobilidade será conferencista no Global Agribusiness Forum, em São Paulo

20 julho 2018 - 14h39Da redação com assessoria
Em 2016 Lucas liderou um projeto que levou um F-E para a calota polar ártica, tornando-se o primeiro piloto a acelerar naquela região
Em 2016 Lucas liderou um projeto que levou um F-E para a calota polar ártica, tornando-se o primeiro piloto a acelerar naquela região - Foto: Divulgação

Representante do Programa Para o Meio Ambiente das Nações Unidas, CEO da inovadora Roborace e um dos idealizadores da Fórmula E – primeira categoria de carros de corrida elétricos, que se tornou a principal novidade mundial da década no esporte –, Lucas Di Grassi será um dos conferencistas do Global Agribusiness Forum, um dos maiores encontros de negócios do setor agrícola internacional. O encontro reunirá mais de 1.500 profissionais de 50 nacionalidades nos dias 23 e 24 de julho, no Sheraton WTC Hotel, em São Paulo. Entre palestrantes e a plateia estarão importantes líderes mundiais do setor, cientistas e pesquisadores, dos segmentos público e privado, com o objetivo de discutir os temas mais relevantes da agricultura e do agronegócio mundial.

Criado em 2012 e realizado a cada dois anos, o evento possui um histórico de grandes conferencistas, casos de Al Gore (ex-vice-presidente dos EUA), Lawrence Summers (ex-economista-chefe do Banco Mundial), Nizan Guanaes (fundador do ABC, maior grupo de comunicação publicitária da América Latina), o presidente do Brasil, Michel Temer, entre outros. Di Grassi falará ao empresariado internacional presente ao encontro a partir das 12h do dia 24.

Em sua quarta edição, o Global Agribusiness Forum terá como tema “A ciência do campo a serviço do planeta: A ação é agora”. Di Grassi, 33 anos, foi convidado para ser um dos conferencistas por seu envolvimento com algumas das mais importantes novidades empregadas no esporte a motor recentemente e seu papel na introdução e desenvolvimento destas tecnologias. A palestra do empresário e piloto brasileiro abordará o futuro da mobilidade – uma das mais importantes revoluções tecnológicas da atualidade, que aos poucos já está se implantando na rotina dos principais centros mundiais.

“Hoje, o automobilismo tornou-se importante como laboratório e propagador da nova matriz energética e do futuro modo de deslocamento das pessoas e produtos. Estamos falando de motores elétricos e veículos dotados de inteligência artificial. A indústria mundial está de olho no que acontece nas categorias de vanguarda, novidades que depois serão incorporadas em seus produtos finais. E muito dessa tecnologia também estará presente no setor agrícola, de formas variadas”, resumiu Di Grassi.

O fórum também colocará em pauta o futuro do agronegócio, levantando temas como erradicação da fome mundial, a utilização de água e solo no cultivo, o consumo de proteína direcionando a expansão agrícola e a bioeconomia. Entre as novidades do mercado agrícola serão discutidos a conexão, colaboração e globalização da agricultura, políticas públicas, negociação multilateral e bilateral, a revolução das máquinas, a resolução de conflitos pelas organizações internacionais, o uso de big data, a 4ª revolução industrial, sensoriamento remoto, o acordo do clima, as perspectivas de longo prazo e o papel da mídia para o agronegócio.

Sobre Lucas Di Grassi

Piloto brasileiro mais bem sucedido da década, Lucas Di Grassi é campeão mundial de Fórmula E e, entre 2005 e 2011, teve envolvimento na Fórmula 1 de diversas formas, seja como piloto oficial (Virgin Racing), de testes (Renault e Pirelli) ou piloto reserva (Renault). Também é o competidor brasileiro mais bem sucedido da história nas 24 Horas de Le Mans, com três pódios.

Em 2016 Lucas liderou um projeto que levou um F-E para a calota polar ártica, tornando-se o primeiro piloto a acelerar naquela região. A meta era chamar a atenção para o aquecimento global. Por essa iniciativa e seu trabalho na criação da Fórmula E, além da defesa dos motores elétricos como substitutos dos sistemas a combustão, Lucas foi escolhido em maio DE 2018 representante do Programa Para o Meio Ambiente da ONU, com a missão de conscientizar os fãs do esporte sobre os problemas respiratórios causados pela má qualidade do ar.

Seguindo seu talento como desenvolvedor, Di Grassi foi escolhido para a posição de CEO da Roborace, primeira categoria de carros de corrida autônomos do mundo, que deve estrear entre 2018 E 2019. Os testes estão em estado avançado, com os carros já competindo entre si.

Banner Whatsapp Desktop
TJ MS INTERNO

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você já sabe em quem votar para prefeito de seu município?

Votar
Resultados
GAL COSTA
pmcg ms
TJ MS