09 de agosto de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
agecom
TRAGÉDIA EM MG

Prefeitura de Mariana suspende recebimento de doações

O objetivo é evitar desperdícios e verificar se o que já foi arrecadado atende a necessidade da população.

16 novembro 2015 - 09h23Da redação
Internautas divulgam conta bancária vinculada prefeitura de Mariana/MG. Qualquer valor pode ser deposito. As contas são geridas por um conselho gestor com representantes de diversos setores da sociedade civil para dar transparência à ação.
Internautas divulgam conta bancária vinculada prefeitura de Mariana/MG. Qualquer valor pode ser deposito. As contas são geridas por um conselho gestor com representantes de diversos setores da sociedade civil para dar transparência à ação. - Divulgação/Facebook
HVM

A Prefeitura de Mariana, na Região Central de Minas Gerais, suspendeu, ontem (15), o recebimento de donativos aos atingidos pelo rompimento das barragens. De acordo com a administração municipal, o objetivo da decisão é fazer o levantamento da quantidade dos itens doados e verificar se o que foi conseguido atende as necessidades da população afetada pelo desastre ambiental.

Ainda segundo o órgão, serão mantidas as doações em dinheiro em contas bancárias, vinculadas à Prefeitura de Mariana, geridas por um conselho gestor com representantes de diversos setores da sociedade civil para dar transparência à ação.

A prefeitura ressalta a importância do trabalho voluntário e informa que, em caso de restabelecimento da campanha, uma nota oficial será publicada no site.

Mobilização Virtual
Diversas pessoas de todo o Brasil se mobilizaram a semana toda nas redes sociais a fim de conseguir doações de donativos entre eles água mineral para ajudar a população de Mariana/MG e região.
Conheça alguns dos voluntários que tiveram essa inciativa e saiba como ajudar: Juiz William Douglas https://www.facebook.com/PaginaWilliamDouglas/posts/942897585765545?fref=nf&pnref=story?, Luisa Mell https://www.facebook.com/LuisaMellOficial/?fref=ts?https://www.facebook.com/events/189182084755648/?.

Entenda o Caso

No dia 5 deste mês, as barragens Fundão e Santarém da Samarco, cujos donos são a Vale e a anglo-australiana BHP, se romperam, despejando 62 milhões de metros cúbicos de rejeitos de minério e água. O distrito de Bento Rodrigues foi destruído e centenas de pessoas ficaram desabrigadas. A lama alcançou outros distritos de Mariana, como Águas Claras, Ponte do Gama,Paracatu e Pedras, além da cidade de Barra Longa. Os rejeitos no Rio Doce afetaram dezenas de cidades na Região Leste de Minas Gerais e no Espírito Santo.

Informações oficiais divulgadas na tarde de sábado (14), aponta que 15 pessoas estão na lista de desaparecidos  após o rompimento das barragens no distrito de Bento Rodrigues, em Mariana, no dia 5 de novembro. Sete corpos foram reconhecidos e três esperam identificação. 

Banner Whatsapp Desktop
GAL COSTA

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você é a favor do lockdown em Campo Grande?

Votar
Resultados
OAB
agecom - fullbanner
Cornavirus