09 de agosto de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
agecom
AJUDA NACIONAL

Ministro da Defesa acompanha ação do Exército em MS, depois de fortes chuvas

O sul do Estado, próximo à divisa do Paraná, foi a região mais atingida. As chuvas romperam pontes e causaram graves danos às rodovias

7 dezembro 2015 - 08h26DA REDAÇÃO COM INFORMAÇÕES DA ASSESSORIA
Ministro da Defesa Aldo Rebelo
Ministro da Defesa Aldo Rebelo - Divulgação
HVM

O ministro da Defesa, Aldo Rebelo, está acompanhando, em Dourados (MS), as ações do Exército, que, há dois dias, apoia o governo do Mato Grosso do Sul na ajuda à população e recuperação dos estragos causados pelas fortes chuvas que atingiram a região. O governo estadual reconheceu o estado de emergência em 14 municípios. 

"O Ministério da Defesa e o Exército estão prontos para apoiar o governo do Mato Grosso do Sul e a população onde for necessário", disse o ministro, que já conversou com a presidente Dilma Rousseff e com o governador do Estado, Reinaldo Azambuja, sobre a situação da população. 

Segundo o comandante da 4ª Brigada de Cavalaria Mecanizada, general Rui Yutaka Matsuda, o Exército está apoiando o governo do estado no mapeamento da região afetada. "O importante é garantir que nenhum município fique totalmente isolado, o que não ocorre até o momento", disse. 

Nesta segunda-feira (7), o helicóptero do Batalhão do Exército de Campo Grande levará o governador e uma equipe de engenheiros do Exército para o sul do Estado para mapear a região e verificar quais obras de infraestrutura serão necessárias para recuperar os estragos. O sul do Estado, próximo à divisa do Paraná, foi a região mais atingida. As chuvas romperam pontes e causaram graves danos às rodovias. 

Na região do município de Bela Vista, fronteira com o Paraguai, várias famílias ribeirinhas, em um total de 700 pessoas, foram retiradas das áreas de risco das margens do Rio Apa. "A prefeitura solicitou o nosso apoio e nós ajudamos a retirar as famílias e levá-las para o ginásio de esporte", disse o general Matsuda. "Estamos mapeando a região e acompanhando os desdobramentos. Se for necessário, nós vamos atuar de novo", afirmou. 

Em outra localidade, na região de Jardim, chuvas com vendaval destelharam muitas casas e causaram danos à rede elétrica. "Estamos apoiando a população local nessas ações de restabelecimento da infraestrutra crítica, como o fornecimento de água e energia elétrica", informou o general. 

Estrada se rompe em Coronel Sapucaia/Gazeta News

Banner Whatsapp Desktop
GAL COSTA

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você é a favor do lockdown em Campo Grande?

Votar
Resultados
OAB
agecom - fullbanner
Cornavirus