14 de agosto de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
agecom
ESPORTE

Inter de Milão perde do Barcelona e cai na Liga dos Campeões; Dortmund avança

10 dezembro 2019 - 18h18
FAMASUL - SENAR

A Inter de Milão foi a vítima do "grupo da morte" da Liga dos Campeões da Europa. Atual líder do Campeonato Italiano, o time milanês foi derrotado pelo Barcelona por 2 a 1, nesta terça-feira, no estádio Giuseppe Meazza, e acabou eliminado ainda na fase de grupos da mais importante competição de clubes do continente. Além dos espanhóis, o Borussia Dortmund se classificou no Grupo F às oitavas de final ao ganhar do Slavia Praga, da República Checa, por 2 a 1, na Alemanha.

Ao final da sexta e última rodada, o Barcelona ficou com a primeira colocação ao somar 14 pontos. O Borussia Dortmund terminou em segundo lugar com 10, três a mais que a Inter de Milão. O Slavia Praga ficou na lanterna com apenas dois pontos somados. Como consolação pelo terceiro posto na chave, os italianos ganharam o direito de disputar a Liga Europa a partir da segunda fase eliminatória.

Em campo, Inter de Milão e Borussia Dortmund começaram seus confrontos como mandante sabendo que a igualdade de pontos favorecia os italianos. Classificado antecipadamente e com a primeira colocação já garantida, o Barcelona pôde dar um descanso para alguns jogadores, entre eles o craque argentino Lionel Messi. Mas nem isso impediu os espanhóis de mostrarem a força do elenco.

No primeiro tempo, a Inter de Milão teve mais iniciativa para atacar, mas os rápidos contra-ataques catalães sempre levavam perigo. Em um deles, aos 23 minutos, saiu o primeiro gol marcado pelo garoto Carles Perez. Pouco antes do intervalo, os italianos, depois de tanto pressionarem, empataram com o centroavante belga Romelu Lukaku, que acertou um forte chute rasteiro, da entrada da área, no canto esquerdo do goleiro brasileiro Neto.

Na segunda etapa, com a necessidade de vencer para não depender do resultado do Borussia Dortmund, a Inter de Milão foi ainda mais ao ataque e teve gols anulados por impedimentos, mas deu espaços para o Barcelona. No final, aos 42, outro garoto da base, o guineense naturalizado espanhol Ansu Fati decretou a vitória espanhola e a eliminação, a segunda seguida do clube italiano na fase de grupos da Liga dos Campeões.

Na Alemanha, o Borussia Dortmund começou bem contra o Slavia Praga e logo abriu o placar com Jadon Sancho, aos 10 minutos de jogo. Mas levou um susto enorme com o empate checo pouco antes do intervalo, aos 43, Tomas Soucek. No segundo tempo, com a Inter de Milão empatando contra o Barcelona, os alemães estavam sendo desclassificados e foram ao ataque. O gol da vitória saiu com Julian Brandt, aos 16, e a partir daí foi segurar o resultado e torcer para os italianos não vencerem. No final tudo deu certo.

Banner Whatsapp Desktop
agecom - fullbanner
Cornavirus