25 de novembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
tce natal
Debate

Órgãos se reúnem para ver ação conjunta em 2014

6 janeiro 2014 - 17h41
Denilson Secreta
Fort Atacadista Natal
A Subsecretaria da Mulher e da Promoção da Cidadania de Mato Grosso do Sul recebeu na manhã desta segunda-feira (6), a visita da delegada e nova presidente do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana de Mato Grosso do Sul (CEDHU-MS), Alexandra Maria Favaro. A presidente do CEDHU-MS se reuniu com a subsecretária Tai Loschi, onde foram debatidas as ações do Conselho em parceria com a Subsecretaria da Mulher.
 
De acordo com a subsecretária Tai Loschi, o trabalho do Conselho é de grande importância nas ações de enfrentamento à violência contra mulher e crianças e no acompanhamento dos casos ocorridos em todo Estado. “A Subsecretaria da Mulher e da Promoção da Cidadania tem uma grande parceria com o Conselho Estadual de Defesa dos Direitos Humanos nos trabalhos que asseguram o bem estar da pessoa. Com a eleição da nova presidente reafirmamos esta parceria de anos visando cada vez mais um trabalho concreto para o enfrentamento à violência”, disse Tai Loschi.
 
Para a presidente do CEDHU-MS, Alexandra Favaro, a nova gestão já começa com vários trabalhos em especial no combate à violência contra à mulher, já que Mato Grosso do Sul fechou o ano de 2013 com altos índices deste tipo de violência. “Tivemos um 2013 violento contra a mulher, por isso começamos os trabalhos em 2014 contando com a ajuda de vários parceiros, entre eles a Subsecretaria da Mulher. É uma parceria importante com o Governo do Estado no qual podemos divulgar ainda mais as ações e estar de prontidão para as vítimas de violência, sejam elas mulheres, crianças e idosos”, afirmou a presidente.
 
 
Segundo Alexandra, o Conselho vem aumentando as suas ações de acompanhamento e espera conseguir em 2014 ampliar as ações também nos presídio de Mato Grosso do Sul. “O propósito do Conselho é promover a igualdade enfrentando a descriminação. Nos últimos anos tivemos uma atuação na proteção às mulheres e aos idosos e também nas visitas a abrigos. Este ano temos como objetivo ampliar o acompanhamento nos presídios do Estado”, ressaltou Alexandra.
Banner Whatsapp Desktop
Departamento de Operações de Fronteira - Disque Denúncia