22 de outubro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
TCE - Devolução Auxílio Emergencial
VOLTA ÀS AULAS

Rede pública de ensino ainda não tem data para retomar aulas presenciais

De acordo com a PMCG todos os aproximadamente 110 mil alunos da REME têm acesso a aulas remotas

18 setembro 2020 - 10h41
Rede pública de ensino ainda não tem data para retomar aulas presenciais
Rede pública de ensino ainda não tem data para retomar aulas presenciais - (Foto: Divulgação)
Fort  Atacadista - 21 ANOS

Mesmo com o decreto publicado na segunda-feira (14), que confirma o retorno das aulas presenciais de berçários e escolas particulares de ensino infantil a partir de segunda-feira (21), escolas da rede pública de ensino ainda aguardam os resultados do decreto para avaliar retomada.

No município de Campo Grande as aulas presenciais da Rede Municipal de Ensino (REME) estão suspensas até o dia 8 de outubro, porém conforme divulgado pela Prefeitura Municipal de Campo Grande (PMCG), a data poderá ser prorrogada novamente. Ainda não há previsão de quando as aulas presenciais serão retomadas.

A Secretaria Municipal de Educação criou uma comissão a qual definirá estratégias para o retorno. A pasta organiza projeto de recuperação paralelo para os alunos no ano letivo de 2021, no contraturno. Porém tudo ainda está em estudo e será definido em momento oportuno.

De acordo com a PMCG todos os aproximadamente 110 mil alunos da REME têm acesso a aulas remotas. As aulas também estão disponíveis por meio de aplicativos e da TV REME (canal 4.2 da TVE, e Youtube), além de cada unidade escolar disponibilizar os cadernos de atividades que devem ser retirados pelos pais nas escolas.

No Estado a Secretaria de Estado de Educação de Mato Grosso do Sul (SED) informou que também não há previsão de retorno para as instituições de ensino estaduais. O cronograma segue o mesmo da REME, as aulas estão suspensas até o dia 8 de outubro. Uma comissão está planejando a retomada, conforme divulgado o planejamento está adiantado para quando houver a necessidade do retorno.

De acordo com a SED, a data de retorno depende das orientações vindas dos órgãos responsáveis pela parte sanitária. Devido às várias bandeiras do programa Prosseguir, a secretaria busca por uma data que seja interessante para todos os municípios, já que a rede estadual planeja voltar por inteiro no Estado.

 

Banner Whatsapp Desktop
TCE - Devolução Auxílio Emergencial
PMCG