23 de outubro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
TCE - Devolução Auxílio Emergencial
INVESTIMENTOS

Investimentos em eficiência energética beneficiam escolas públicas de Costa Rica

Energisa investiu R$ 182 mil em ações de eficiência energética nos sistemas de condicionamento de ar, iluminação e refrigeração nas instituições

21 setembro 2020 - 15h43Assessoria de Comunicação
Fort  Atacadista - 21 ANOS

A Energisa, responsável pelo fornecimento de energia elétrica para 74 municípios no estado, finalizou as melhorias nos sistemas de iluminação, condicionamento de ar e refrigeração das escolas municipais Joaquim Faustino Rosa e Professor Adenocre Alexandre de Moraes, de Costa Rica. O investimento realizado no local foi de aproximadamente R$ 182 mil reais.

A diretora da Escola Municipal Joaquim Faustino Rosa, Anircre Marta Silva, explica que “a troca dos equipamentos vai gerar mais economia para a instituição, além de incentivar a sustentabilidade no ambiente escolar e propiciar uma sala de aula mais confortável e adequada para o desenvolvimento dos alunos e trabalho dos profissionais da educação”.

A iniciativa faz parte do Programa de Eficiência Energética da Energisa, regulado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), que prevê a substituição de equipamentos antigos por novos, aptos ao consumo mais eficiente de energia elétrica. Um exemplo está na troca de lâmpadas e luminárias tradicionais pelas de alta eficiência, que gastam menos e duram mais.

As substituições feitas pelos Projetos de Eficiência Energética nas escolas em Costa Rica foram realizadas por meio de um convênio assinado em parceria com a Secretaria de Educação do município. As obras tiveram início em 24 de agosto e foram concluídas no dia 8 de setembro. Com esta iniciativa, a concessionária estima uma economia na iluminação de cerca de 40% no consumo da escola Joaquim Faustino Rosa e 25% da escola Professor Adenocre Alexandre de Moraes, além de melhoria na qualidade da iluminação e redução de custos com manutenção e compra de lâmpadas.

“É de extrema importância proporcionarmos uma redução de custos e oferecer mais qualidade e segurança para as instituições, reduzindo riscos e desperdício de energia”, explica Marcelo Vinhaes, diretor-presidente da Energisa.

Nas escolas, ao todo, foram substituídas 462 luminárias e lâmpadas convencionais por luminárias e lâmpadas de LED de alta eficiência, 16 equipamentos de ar-condicionado de baixo rendimento por equipamentos de ar-condicionado eficientes e 9 substituição de equipamentos de refrigeração antigos por equipamento com Selo Procel de Economia de Energia.

 

Banner Whatsapp Desktop
PMCG
TCE - Devolução Auxílio Emergencial