24 de setembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
JBS - Covid 19
COMBATE

IFMS mobiliza os dez campi em ações de combate ao zika

Como parte das ações da mobilização nacional da educação contra o vírus da zika, os dez campi do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) realizaram ações de combate ao mosquito transmissor da doença. 19.

23 fevereiro 2016 - 09h00Da redação com informações da assessoria
Lambaris foram soltos para ajudar a combater as larvas do mosquito Foto Campus Ponta Porã
Lambaris foram soltos para ajudar a combater as larvas do mosquito Foto Campus Ponta Porã - Divulgação

Entre as atividades realizadas estiveram palestras de conscientização, entrega de sementes da crotalária, planta que atrai predadores naturais do Aedes aegypti, e vistorias nas sedes dos campi.

A mobilização foi realizada simultaneamente em Aquidauana, Campo Grande, Corumbá, Coxim, Dourados, Jardim, Naviraí, Nova Andradina, Ponta Porã e Três Lagoas. A previsão é que novas ações aconteçam nos dias 26 de fevereiro e 4 de março.

Combate ao mosquito – Em Aquidauana, o campus organizou uma oficina ensinando a comunidade a montar armadilhas com garrafas plásticas para capturar o mosquito transmissor. Estudantes e servidores realizaram ainda uma vistoria no campus e nos arredores a procura de focos, além de distribuir material informativo contra a zika.

“Não encontramos nada de errado no nosso campus. Já tínhamos feito essa limpeza anteriormente. Achei um bom resultado, pois mostra que a comunidade escolar está atenta”, explicou Delmir Felipe, diretor-geral de Aquidauana.

No Campus Ponta Porã, os estudantes realizaram uma vistoria no prédio do IFMS e nos arredores, identificando e eliminando possíveis focos. Também foram realizados o plantio de sementes de crotalária pelos alunos do curso técnico de Agricultura em residências do distrito de Sanga Puitã. Outra ação foi a distribuição de lambaris, predadores naturais das larvas do mosquito, em áreas de alagamento nas proximidades da BR-463, onde o campus está localizado.

Em Coxim, estudantes e servidores visitaram o Centro de Educação Infantil Leonora Bezerra e realizaram o plantio da crotalária. As 80 crianças presentes assistiram a uma palestra sobre as formas de combater o mosquito e receberam materiais educativos para entregar aos pais. A ação teve o apoio da Secretaria Municipal de Educação, que solicitou que o IFMS faça palestras em mais dois centros nos próximos dias.

No campus do IFMS em Jardim, estudantes e servidores colaboraram na ação coordenada entre prefeitura, governos estadual e federal, Exército e Corpo de Bombeiros. Durante toda a sexta-feira e no final de semana foram realizadas a distribuição de materiais informativos e vistorias contra os focos do mosquito nas ruas do município.

Em Naviraí, o IFMS realizou palestra para servidores e estudantes com informações sobre como combater o mosquito. Além disso, os alunos do instituto distribuíram panfletos para conscientizar a população do bairro Boa Vista, onde fica a sede do campus.

Na sede de Três Lagoas, servidores e estudantes fizeram um mutirão de limpeza a procura de criadouros de larvas do mosquito. Também foi realizada a distribuição de panfletos contra a zika na Escola Municipal Ramez Tebet. Na próxima quarta-feira, 24, o campus fará o plantio de crotalária em escolas municipais e em outros pontos da cidade.

Em Nova Andradina, cerca de 100 pessoas, entre estudantes e servidores, participaram de um mutirão no bairro São Vicente. Eles conversaram com moradores, conscientizando sobre como se prevenir contra a zika, além de realizarem a identificação e coleta de materiais que pudessem servir de criadouro para o mosquito.

No campus Corumbá, os estudantes realizaram a distribuição de panfletos para a população local. Na sexta-feira, 26, a gerente de Vigilância em Saúde do município, Viviane Ametlla, fará uma palestra para a comunidade escolar. A atividade será realizada em dois horários, às 9h e às 15h. Também será feita uma vistoria na unidade e redondezas por um agente de endemias, para procura de focos.

Em Dourados, foi realizada uma palestra para 1.030 estudantes da Escola Municipal Clarice Rondon. Também foram realizadas vistorias no local e na sede do campus, com a participação dos alunos, na procura por focos do mosquito.

“Foi uma palestra didática, para atrair as crianças. Tenho certeza que eles serão agentes multiplicadores. Acreditamos que mais de três mil pessoas sejam atingidas pela ação, pois distribuímos material para os estudantes levarem para a família”, afirmou o diretor-geral, Carlos Figueiredo.

Capital – Estudantes do Campus Campo Grande acompanharam o reitor do IFMS, Luiz Simão Staszczak, em ação promovida pela prefeitura municipal. O encontro contou com a presença da ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello, além de autoridades políticas e lideranças comunitárias.

As atividades na reitoria foram realizadas na manhã desta segunda-feira, 22, com a distribuição de sementes de crotalária aos servidores. Também foi exibido um vídeo que mostra como construir armadilhas para o Aedes com garrafas pet e realizada uma vistoria no prédio em busca de possíveis focos.

Zika Zero – O Dia Nacional de Mobilização é uma ação promovida pelo MEC após a assinatura do Pacto da Educação Brasileira contra o zika. O documento foi assinado no dia 4 de fevereiro, pelo ministro da Educação, Aloizio Mercadante, em Brasília.

As metas incluem reforçar o repasse de informações para a prevenção e enfrentamento ao Aedes aegypti, programar mobilização para o início das aulas e incluir o tema nas semanas de planejamento pedagógico das escolas/campi de todo o país.

Mais informações sobre a mobilização da educação contra o zika estão disponíveis na página da campanha. O endereço é www.zikazero.mec.gov.br.

Banner Whatsapp Desktop
GAL COSTA

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você apoia o retorno do ensino presencial em escolas públicas ainda no ano de 2020?

Votar
Resultados
FORT ATACADISTA - Carne Fresca (interno)
pmcg ms
TJ MS