29 de setembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
PMCG
JUSTIÇA

Curso capacita policiais militares sobre atendimento a mulheres vítimas de violência

Direcionada a policiais militares, a capacitação é fruto da parceria da Coordenadoria da Mulher do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul com o Comando-Geral da Polícia Militar de MS e da Subsecretaria de Políticas Públicas do Governo do Estado

13 agosto 2020 - 13h41
Reunião via chamada de vídeo
Reunião via chamada de vídeo - (Foto: TJ MS)
O FLOR DA MATA - NOTICIAS

Teve início na manhã desta quinta-feira (13) o curso on-line "Violência contra a mulher: desafios e possibilidades no atendimento". Direcionada a policiais militares, a capacitação é fruto da parceria da Coordenadoria da Mulher do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul com o Comando-Geral da Polícia Militar de MS e da Subsecretaria de Políticas Públicas do Governo do Estado.

A abertura do encontro se deu com os cumprimentos da Subsecretária de Políticas Públicas para Mulheres, Luciana Azambuja Roca, a qual frisou que o curso integra as ações da campanha "Agosto Lilás", instituída por meio da Lei Estadual nº 4.969/2016, com objetivo de divulgar a Lei Maria da Penha, sensibilizar e conscientizar a sociedade sobre o necessário fim da violência contra a mulher, divulgar os serviços especializados da rede de atendimento à mulher em situação de violência e os mecanismos de denúncia existentes.

Logo em seguida, a palavra foi passada para a juíza Helena Alice Machado Coelho, coordenadora estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar. "Quando nós sabemos que a segunda maior causa de ligações para o 190 é violência doméstica; que são em média 34 chamadas por dia, o que dá 1.020 ligações por mês ao CIOPS; que 40% das denúncias em Campo Grande, em um universo de todos os tipos de crimes, é violência doméstica, nós temo que parar, estudar e entender o que está acontecendo. Estamos vivendo uma pandemia de violência doméstica junto com a pandemia da Covid-19", ressaltou a magistrada.

Também participaram da abertura do evento o Comandante Geral da PMMS, Marcos Paulo Gimenez, o professor e delegado aposentado da Sejusp, André Matsushita Gonçalves, representando o delegado-geral da Polícia Civil, Marcelo Vargas, além de outras autoridades e integrantes do curso.

Com objetivo de aprimorar os serviços oferecidos pelos órgãos de segurança pública, qualificando e humanizando o atendimento às mulheres em situação de violência, o curso será 100% online e acontecerá até amanhã (14), das 8 às 10 horas, via plataforma Google Meet.

Por meio dos assuntos tratados, visa-se, igualmente, identificar aspectos importantes da violência de gênero e sua conceituação, dos estereótipos de gênero, da escalada da violência e do ciclo da violência contra a mulher nas relações íntimas de afeto para, assim, conhecer os tipos de violência conforme a Lei 11340/06 - Maria da Penha, e como essas violências se manifestam nas relações afetivas e conjugais. De posse dessas informações é possível promover a discussão sobre o sofrimento psíquico da mulher em situação de violência doméstica e compreender as especificidades do atendimento a essa mulher e suas interseccionalidades, sempre esclarecendo os aspectos jurídicos da violência doméstica e familiar contra a mulher mais relevantes para a prática policial.

Banner Whatsapp Desktop
FORT ATACADISTA - Carne Fresca (interno)

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você já sabe em quem votar para prefeito de seu município?

Votar
Resultados
TJ MS INTERNO
pmcg ms
TJ MS