29 de setembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
PMCG
SOLIDARIEDADE

Campanha do Agasalho do TJMS beneficiou mais de 2 mil pessoas em 27 cidades

A Campanha do Agasalho Pacijus do TJMS do ano de 2020 começou em abril deste ano, no meio da pandemia de Covid-19.

3 agosto 2020 - 16h33Da redação
Durante a campanha, o aplicativo de entregas Go Tap integrou a ações para auxiliar quem gostaria de fazer uma doação.
Durante a campanha, o aplicativo de entregas Go Tap integrou a ações para auxiliar quem gostaria de fazer uma doação. - (Foto: Arquivo)

Sucesso e solidariedade são as palavras que definem a edição 2020 da Campanha do Agasalho do Tribunal de Justiça de MS, realizada pelo Pacijus. Com 2.200 kits contendo cobertor, álcool 70º em gel e máscaras, além da distribuição de 265 cestas básicas, a campanha fez a diferença no enfrentamento da maior crise sanitária global já vivida, com a pandemia de coronavírus.

Vinte e seis comarcas do interior, além da Capital, beneficiaram 45 unidades de acolhimento, 20 asilos, sete projetos sociais, seis comunidades em bairros pobres da Capital, duas aldeias urbanas, casos esporádicos, como de 12 famílias em situação de vulnerabilidade social, além de uma Ong que dá apoio a dependentes químicos e 75 pessoas em situação de rua de Campo Grande.

Todo trabalho dos colaboradores e equipes do Pacijus nesta Campanha do Agasalho 2020 do TJMS observou as recomendações sanitárias das autoridades de saúde, evitando aglomerações, utilizando e distribuindo máscaras e álcool 70º em gel.

Célia Leandro, esposa do presidente do TJMS, Des. Paschoal Carmello Leandro, e apoiadora dos projetos sociais do Tribunal de Justiça, disse estar muito feliz com o resultado alcançado, que beneficiou tantas pessoas, neste momento delicado da pandemia de Covid-19.

A apoiadora destacou o número significante e inédito de 26 comarcas do interior mais a Capital, que se tornou a maior ação de inverno já realizada. Célia Leandro lembrou, também, que no início desta campanha, no mês de abril, muitas das cidades atendidas sequer tinha produtos como álcool 70º e máscaras, mesmo para quem poderia pagar pelos produtos, o que fez o trabalho do Tribunal de Justiça ainda mais necessário.
 
“Encerramos a Campanha do Agasalho no dia 1º de agosto, com uma entrega na Aldeia Urbana Água Bonita, beneficiando 65 famílias. Tudo que fizemos não seria possível sem a ajuda dos parceiros, dos voluntários, dos padrinhos e a colaboração de todos, que doaram para fazer a diferença na vida de tanta gente, que ainda passa necessidade”, agradeceu Célia Leandro.

A cacique da Aldeia Água Bonita, Alicinda Tibério, agradeceu as doações do Pacijus e dos demais parceiros, que distribuíram os kits da Campanha do Agasalho, calçados, roupas e cestas básicas. “Foi uma ação que beneficiou muito nossa comunidade, que é realmente carente e tem dificuldades maiores nesta pandemia”, agradeceu a cacique Alicinda.

Eunice Paes de Andrade, coordenadora de um projeto que abrange sete bairros na região Norte de Campo Grande, foi quem solicitou ajuda à comunidade indígena. “Mais uma vez o Tribunal de Justiça prontamente nos atendeu e cada vez mais eu me orgulho do trabalho do Des. Paschoal e da sua esposa Célia, que fazem a diferença na vida de muitas pessoas. Existe uma carência na Aldeia Água Bonita, que precisa de tudo neste momento. Com certeza estas famílias terão um alento nestes dias”, disse Eunice.

Conheça
A Campanha do Agasalho Pacijus do TJMS do ano de 2020 começou em abril deste ano, no meio da pandemia de Covid-19. O desafio estava lançado e até 30 de julho as pessoas podiam fazer doações, deixando na portaria do Tribunal de Justiça ou fazendo depósito bancário para a conta do Pacijus e da Amamsul. E muita gente colaborou de todas as formas.

Durante a campanha, o aplicativo de entregas Go Tap integrou a ações para auxiliar quem gostaria de fazer uma doação. Na plataforma estava disponível a aquisição de cestas básicas que foram entregues junto com os kits da campanha.

As entregas começaram já no mês de maio, pois o frio já havia chegado e todas as pessoas estavam vivenciando algo inédito com o isolamento social, perda de trabalho e renda.

A solidariedade foi grande e muitas pessoas colaboraram de forma autônoma ou por meio das empresas e instituições como Associação dos Magistrados de MS (Amamsul), Tribunal Regional Eleitoral de MS (TRE/MS), Justiça Federal, União Feminina Beneficente e Motoclube Luluzinhas.

Os beneficiados foram:
- 45 Unidades de Acolhimento de Crianças e Adolescentes e 20 Asilos no Estado;
- os Projetos Sociais: Grupo de Apoio Colônia do Amor, Grupo de Escoteiros Mario Dilson, Projeto Ceaca, Associação Beneficente Casa da União Lar de Santana, Projeto Tia More, Projeto Maná do Céu e Grupo Sarau Raízes;
- as comunidades dos bairros Noroeste, Canguru, Homex, Bálsamo, Los Angeles, Tarsila do Amaral e as Aldeias Marçal de Souza e Água Bonita.

Doze famílias em situação de vulnerabilidade financeira e social também foram atendidas de forma emergencial. Uma Ong que auxilia jovens dependentes químicos, além de uma ação que levou comida pronta e kits da campanha para 78 pessoas em situação de rua na Capital.

O Programa para Ajuda à Criança e ao Idoso (Pacijus) visa promover a dignidade humana, fundamento da República Federativa do Brasil, previsto no art. 1°, III, da Constituição Federal, em atenção ao dever da sociedade de prover diversos direitos com absoluta prioridade, na forma dos arts. 3° e 4° dos Estatutos do Idoso e da Criança e do Adolescente, respectivamente.

Banner Whatsapp Desktop
TJ MS INTERNO

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você já sabe em quem votar para prefeito de seu município?

Votar
Resultados
FORT ATACADISTA - Carne Fresca (interno)
pmcg ms
TJ MS