27 de setembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
JBS - Covid 19
EDUCAÇÃO

Apaixonados pelo ensino, educadores retratam trajetórias e desafios da profissão

Segundo a Secretaria de Educação de Mato Grosso do Sul (SED), a rede estadual de ensino conta com cerca de 18 mil educadores

6 agosto 2020 - 14h32
Neste Dia Nacional dos Profissionais da Educação (6), a trajetória e os desafios da profissão são retratados por dois servidores do Estado
Neste Dia Nacional dos Profissionais da Educação (6), a trajetória e os desafios da profissão são retratados por dois servidores do Estado - (Foto: Divulgação)
O FLOR DA MATA - NOTICIAS

Neste Dia Nacional dos Profissionais da Educação (6), a trajetória e os desafios da profissão são retratados por dois servidores do Estado. Eles integram uma classe que está presente nos 79 municípios de Mato Grosso do Sul, e além de representar a diversidade educacional, são responsáveis por avanços por onde passam.

Segundo a Secretaria de Educação de Mato Grosso do Sul (SED), a rede estadual de ensino conta com cerca de 18 mil educadores. Esses servidores administram tempo e espaço nas instituições; criam novos métodos para deixar o conteúdo mais prazeroso; e transformam o que está nos arredores em ferramenta de ensino. Além de serem protagonistas na vida pessoal e profissional de crianças e adolescentes.

No município de Maracaju, a diretora da Escola Estadual Manoel Ferreira de Lima, Silvana Pádua de Oliveira Perosa, de 44 anos, explica que a boa administração, compartilhada entre os profissionais da área, pais e alunos gera resultados positivos à toda comunidade. A instituição sempre foi destaque pelo profissionalismo de seus professores que, com o novo prédio prestes a ser reinaugurado, podem melhorar ainda mais a performance em sala de aula.

“Com a estrutura melhor nos sentimos mais valorizados, o que desperta uma motivação dos professores, impactando positivamente no processo de ensino”, destaca a gestora educacional. Silvana ainda fala de heroísmo quando lembra da forma como trabalhavam os educadores antes do atual momento, e valoriza o empenho de cada colega de profissão.

“Posso dizer que os profissionais que por aqui passaram são heróis na educação, pois fizeram a diferença com o que tínhamos no momento. Fomos protagonistas de toda conquista e, fizemos o melhor com o mínimo. Parabenizo, e reforço, que a escola é muito além do prédio e dos livros. Ela é composta por pessoas destinadas a fazer algo melhor, com amor, dedicação e responsabilidade”.

O dinamismo está presente nos métodos de ensino aplicados por esses servidores, que se destacam através de projetos e ações. Nelson Aparecido Silva Casimiro, de 39 anos, professor da E. E. Padroeira do Brasil, no município de Nioaque, é um destes servidores com esta característica. Ele fala a respeito do estímulo que o ‘Projeto Semana do Agricultor’ proporcionou naquele meio, através da prática conduzida por todos os professores e que incluiu diretor e coordenadores.

“Esta atividade teve como como objetivo a reflexão sobre a realidade camponesa, a oferta de formação em áreas de interesse da comunidade, como a formação em agroecologia, pecuária leiteira, apicultura, entre outros, buscando a valorização de sua identidade e a produção de meios que garantam a permanência dos educandos e suas famílias no campo, tudo isso, com qualidade de vida e foco na geração de renda”, aborda a profissional.

Encantado pela profissão, Nelson Aparecido acredita que todo educador deve buscar os meios necessários para cumprir a sua tarefa de compartilhar saberes para a formação plena do educando, escolhendo conscientemente as melhores metodologias para atingir seus objetivos educacionais.

“É claro que ele deve sempre estar buscando novos métodos e até mesmo refinando os próprios, mas sempre partindo da necessidade dos educandos e de seus objetivos”, completa ele.

A motivação para exercer tais trabalhos também é proveniente da casa dos alunos. Pais e mães devem saber e se comprometer com a tarefa desenvolvida pelos educadores através do apoio às formas de ensino, além de incentivar os filhos a valorizar aquilo que é passado para eles: o conhecimento. É o que pensa o agrônomo Diniz Marcos Pozzobom, de 55 anos, ao defender que a educação possui papel fundamental no êxito pessoal e profissional dos educandos.

“São eles, que apesar das dificuldades, enfrentam e formam os futuros profissionais deste país, proporcionando junto aos pais um acompanhamento passo a passo no aprendizado dos filhos, até se tornarem os profissionais desta nação”, diz Diniz, que tem um casal de filhos. O mais velho já está na graduação, e a caçula ainda estuda na E. E. Vereador Kendi Nakai.

Queremos através dessa matéria, parabenizar todos os profissionais da educação pelos serviços prestados à comunidade sul-mato-grossense!

 

Banner Whatsapp Desktop
TJ MS INTERNO

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você já sabe em quem votar para prefeito de seu município?

Votar
Resultados
GAL COSTA
TJ MS
pmcg ms