24 de setembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
JBS - Covid 19
INTERNACIONAL

Ao menos 16 funcionários do porto de Beirute já foram presos após explosões

Agência Nacional de Notícias citou como fonte o juiz de uma corte militar, que informou que até esta quinta-feira, 18 pessoas já tinham sido interrogadas

6 agosto 2020 - 17h00
Helicóptero trabalha no combate a um incêndio no local de uma explosão no porto de Beirute, no Líbano
Helicóptero trabalha no combate a um incêndio no local de uma explosão no porto de Beirute, no Líbano - (Foto: STR / AFP)
O FLOR DA MATA - NOTICIAS

Ao menos 16 funcionários do porto de Beirute foram detidos como parte da investigação sobre as devastadoras e mortais explosões de terça-feira em um depósito no local com toneladas de nitrato de amônio. As explosões mataram ao menos 137, deixaram mais de 5 mil feridos e 300 mil desabrigados.

A Agência Nacional de Notícias citou como fonte o juiz, um representante do governo, de um tribunal militar, Fadi Akiki, que informou que até esta quinta-feira 18 pessoas já tinham sido interrogadas.

Todos são funcionários do porto e da alfândega, além de indivíduos encarregados da manutenção do hangar, onde 2.750 toneladas de materiais explosivos estavam armazenadas havia anos. A investigação, segundo o juiz, continua. (Com agências internacionais)

Banner Whatsapp Desktop
TJ MS INTERNO

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você apoia o retorno do ensino presencial em escolas públicas ainda no ano de 2020?

Votar
Resultados
GAL COSTA
pmcg ms
TJ MS