24 de fevereiro de 2021 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Política

Reforma ministerial deve ocorrer até o carnaval, diz Dilma

19 dezembro 2013 - 06h42
A presidente Dilma Rousseff disse nesta quarta-feira (18) que começará a fazer a reforma ministerial no fim de janeiro de 2014 e prevê que até o Carnaval, em março, possa anunciar os novos integrantes do governo. Em café da manhã com jornalistas, Dilma afirmou, porém, que a pergunta sobre mudanças na equipe era uma "casca de banana" e se recusou a antecipar nomes.
 
Questionada sobre a permanência do ministro da Fazenda, Guido Mantega, a presidente demonstrou impaciência. "Pela 20ª ou 30ª vez eu reitero que o ministro Guido está perfeitamente no lugar onde ele está."
 
Aproximadamente 12 dos 39 ministros são candidatos às eleições de 2014 e devem deixar os cargos. Na lista estão a chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, que concorrerá ao governo do Paraná, e o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, candidato do PT ao Palácio dos Bandeirantes.
 
Em 1h20 de conversa, Dilma não quis fazer comentários sobre as movimentações do governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), e do senador Aécio Neves (PSDB), seus desafiantes na disputa de 2014. "Minha agenda ainda não chegou a esse momento eleitoral", despistou a presidente, que é candidata à reeleição.
Banner Whatsapp Desktop
TJ MS
Banner TCE