27 de setembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
PMCG
AGÊNCIA DE NOTÍCIAS

Projeto altera Plano de Cargos, Carreira e Remuneração do Tribunal de Contas

Na prática, a matéria discrimina o quadro de pessoal do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul

4 agosto 2020 - 09h49Christiane Mesquita
O Tribunal de Contas do Estado também apresentou nesta manhã (4) o Projeto de Lei Complementar 4/2020
O Tribunal de Contas do Estado também apresentou nesta manhã (4) o Projeto de Lei Complementar 4/2020 - ( Foto: Wagner Guimarães/ TV ALEMS)

Encaminhado pelo Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul (TCE-MS) nesta terça-feira (4), durante a sessão ordinária realizada por videoconferência, o Projeto de Lei 146/2020 altera a Lei 3.877, de 31 de março de 2010, que dispõe sobre o Plano de Cargos, Carreira e Remuneração do Quadro de Pessoal do Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul.

Na prática, a matéria discrimina o quadro de pessoal do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul, constituído pelas carreiras, cargos de provimento efetivo, de provimento em comissão, prevê os requisitos básicos para o provimento de cargos efetivos, os requisitos para a movimentação por progressão funcional e classifica cargos de função de confiança exercidos por servidores efetivos. Saiba mais, clicando aqui.

Projeto de Lei Complementar

O Tribunal de Contas do Estado também apresentou nesta manhã (4) o Projeto de Lei Complementar 4/2020, que altera o artigo 6º da Lei Complementar 160, de 2 de janeiro de 2012, que dispõe sobre o Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul. Com a mudança proposta, não será possível ao conselheiro do Tribunal de Contas exercer atividade empresarial ou participar de sociedade empresária, inclusive de economia mista, exceto como acionista ou cotista e desde que não exerça poder de administração ou de gerência.

Se ambas propostas encaminhadas pelo Tribunal de Contas receberem pareceres favorável à sua tramitação na Casa de Leis pela Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR), e pelas comissões de mérito, sendo aprovadas também nas votações em plenário, tornam-se lei e entram em vigor na data de sua publicação no Diário Oficial Eletrônico do Estado.

Banner Whatsapp Desktop
GAL COSTA

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você já sabe em quem votar para prefeito de seu município?

Votar
Resultados
TJ MS INTERNO
TJ MS
pmcg ms