27 de setembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
JBS - Covid 19
POLÍTICA

MP-RJ esclarece que sindicância visa apurar quem acessou sistema indevidamente

O MP-RJ alega que cumpriu o prazo e recorre neste sentido, mas o acesso indevido abriu a contagem de data antes do previsto e levou o órgão a interpor o recurso em 20 de julho, três dias depois do prazo final

15 agosto 2020 - 15h20
Ministério Públido do Rio de Janeiro
Ministério Públido do Rio de Janeiro - (Foto: Ministério Público do Rio de Janeiro)
O FLOR DA MATA - NOTICIAS

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) esclarece que a sindicância envolvendo o caso das rachadinhas no gabinete do atual senador e ex-deputado estadual Flávio Bolsonaro (Republicanos/RJ) visa a apurar quem acessou o sistema da procuradora de justiça Soraya Gaya, e não para apurar quem levou a perder o prazo de um recurso sobre o caso. O MP-RJ alega que cumpriu o prazo e recorre neste sentido, mas o acesso indevido abriu a contagem de data antes do previsto e levou o órgão a interpor o recurso em 20 de julho, três dias depois do prazo final.

"No fim da tarde de sexta-feira, a procuradora de justiça Soraya Gaya encaminhou à chefia institucional um expediente solicitando a adoção de providências para elucidar quem teria acessado o sistema eletrônico que gerou a fruição do prazo para impetração dos recursos", disse o MP, em nota.

No fim de junho, o MP-RJ anunciou que ia recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra uma decisão do Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ) a favor do foro privilegiado para o caso de Flávio Bolsonaro.

Desembargadores da 3ª Câmara Criminal tinham reconhecido o foro privilegiado do senador, tirando o caso da 1ª instância e passando para a 2ª instância - o que mudou o juiz responsável pelo caso.

O MP, no entanto, interpôs o recurso em 20 de julho, três dias depois do prazo final, segundo a terceira vice-presidente do TJ Elisabete Filizzola Assunção. O prazo teria sido aberto em 3 de julho e terminado no dia 17.

Banner Whatsapp Desktop
GAL COSTA

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você já sabe em quem votar para prefeito de seu município?

Votar
Resultados
FORT ATACADISTA - Carne Fresca (interno)
pmcg ms
TJ MS