26 de outubro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
TCE - Devolução Auxílio Emergencial
POLÍTICA

STF analisará a forma do depoimento de Bolsonaro em julgamento virtual

Escrito ou presencial: supremo julgará em outubro como o presidente deporá no caso de suposta interferência na PF

23 setembro 2020 - 22h00Da Redação
A defesa do presidente quer que lhe seja concedido o direito de escolher como e quando falará às autoridades
A defesa do presidente quer que lhe seja concedido o direito de escolher como e quando falará às autoridades - (Foto: Dida Sampaio/Estadão)
Fort  Atacadista - 21 ANOS

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu fazer de forma virtual, entre os dias 2 e 9 de outubro, a análise sobre o pedido do presidente Jair Bolsonaro de prestar depoimento por escrito sobre sua suposta interferência política na Polícia Federal.

A Advocacia Geral da União (AGU), autora da solicitação, alega que Bolsonaro tem direito de escolher a data e a forma como deporá. O ministro Celso de Mello, relator que estava com o caso anteriormente, já havia manifestado que tal possibilidade não ocorreria e autorizou a Polícia Federal marcar o encontro presencial.

No entanto, o magistrado responsável atualmente é Marco Aurélio Mello, em substituição a Celso, que está de licença até o próximo sábado (26). Marco Aurélio decidiu que a análise seja feita à distância, pois o processo se dá de forma mais rápida que o convencional.

"Por videoconferência não julgamos quase nada, continuamos na morosidade de sempre. Julgamos dois processos por sessão, se tanto. No virtual, cada ministro insere o voto, e você toca [o julgamento] mais rápido. No plenário, por videoconferência, continuamos na mesmice, não conciliando rapidez com conteúdo", explicou à TV Globo.

Banner Whatsapp Desktop
Annelies
TCE - Devolução Auxílio Emergencial