27 de setembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
PMCG
CORPO EM RODOVIA

Localizada motocicleta de servidor da Agetran encontrado morto

Funcionários de posto de combustíveis estranharam que a moto estava no posto há vários dias e chamaram a Guarda Municipal. Polícia vai analisar imagens

12 maio 2017 - 09h00Com informaçoes do G1
Motocicleta da vítima foi encontrada em posto de combustíveis
Motocicleta da vítima foi encontrada em posto de combustíveis - Divulgação
O FLOR DA MATA - NOTICIAS

A motocicleta do funcionário da Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran), que estava desaparecido e foi encontrado morto na manhã de quinta-feira (11), às margens da BR-262, em Campo Grande, foi localizada em um posto de combustíveis no bairro Tarumã. A polícia vai analisar as imagens de câmeras de segurança do posto.

De acordo com o boletim de ocorrência, funcionários do posto estranharam porque o veículo ficou estacionado no local por vários dias e chamaram a Guarda Municipal. A Polícia Civil foi acionada e constatou que o veículo pertencia ao homem morto.

Trabalhadores contaram à polícia, que duas pessoas foram vistas deixando o veículo no local. O veículo foi encaminhado para a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac), do bairro Piratininga, onde o crime foi registrado.

O crime

Segundo a polícia, o operador de manutenção de semáforo estava desaparecido desde o último dia 6 de maio. Um jovem que passava pela rodovia, entre Sidrolândia e Indubrasil, estranhou o mau cheiro na região, desde sexta-feira (5) e chamou a polícia.

A perícia foi até o local e constatou que o corpo estava em estado de putrefação. Apesar de não ter a confirmação da causa da morte, acredita-se que tenha sido por perfurações no peito.

Baseado nas informações da testemunha, foi realizada uma busca dos desaparecidos do sistema da polícia e encontraram o homem de 44 anos com registro de desaparecimento pela mulher dele na segunda-feira (8), na 6ª Delegacia de Polícia da capital. A esposa foi chamada e confirmou ser o corpo do marido.

A mulher da vítima disse que o marido estava desaparecido desde sábado (6). Ainda de acordo com ela, um colega de trabalho do marido foi até a casa dela e perguntou se ela sabia do caso extraconjugal entre a vítima e outra mulher.

Esse funcionário teria dito que a mulher estudava na mesma escola onde a vítima frequentava no período noturno, mas não saberia informar o nome da amante.

Outra testemunha ouvida pela polícia disse que a vítima pediu a separação para a esposa, mas permaneceu morando com ela. Além disso, a ex-mulher teria ameaçado o marido há cerca de 15 dias. Ele também afirmou que a relação pessoal do casal era normal, sem brigas.

 

Banner Whatsapp Desktop
FORT ATACADISTA - Carne Fresca (interno)

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você já sabe em quem votar para prefeito de seu município?

Votar
Resultados
GAL COSTA
TJ MS
pmcg ms