02 de dezembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
maracaju natal
apreensão

Juntos na fronteira, Mato Grosso do Sul e Paraná registram 70% das apreensões de drogas no País

Os estados foram 1.336 km com o Paraguai, sendo a principal porta de entrada, para o Brasil, das drogas vindas de outros países da América do Sul

22 outubro 2020 - 16h00Da Redação
A maior apreensão de drogas no Brasil aconteceu em Maracaju, a 160 km de Campo Grande em agosto deste ano
A maior apreensão de drogas no Brasil aconteceu em Maracaju, a 160 km de Campo Grande em agosto deste ano - (Foto: Divulgação)
Fort Atacadista Natal

De janeiro a setembro, Mato Grosso do Sul e Paraná foram os Estados que mais concentraram o maior índice de apreensão de drogas: 70% foi encontrado nos estados do Mato Grosso do Sul e Paraná. Os estados foram 1.336 km com o Paraguai, sendo a principal porta de entrada, para o Brasil, das drogas vindas de outros países da América do Sul.

O Departamento de Operações de Fronteira (DOF) contabiliza, em 2020, mais de 215 toneladas de drogas apreendidas. Um aumento de 135,6% em relação ao mesmo período de 2019, quando foram apreendidas 91.556,534 toneladas.Em todo o ano de 2019 foram apreendidas 107.231,518 toneladas.

A cada 100 toneladas das drogas recolhidas pela Polícia Federal (PF), 39 foram no Mato Grosso do Sul e 31 no Paraná. No terceiro lugar do ranking, com distância, aparece São Paulo, que respondeu por 11 a cada 100 toneladas apreendidas. Minas Gerais teve 6 toneladas a cada 100, e todos os demais estados, somados, apenas 13 toneladas a cada 100.

Recorde - A maior apreensão de drogas no Brasil aconteceu em Maracaju, a 160 km de Campo Grande em agosto deste ano. Foram 33,3 toneladas de maconha. A droga estava em uma carreta bitrem. O veículo seguia por uma estrada vicinal que dá acesso à rodovia MS-166 no município.

Dois homens de 25 e 45 anos foram conduzidos para a delegacia. A função deles era de batedor, ou seja,  seguiam na retaguarda da carreta com a finalidade de avisar sobre aproximação de viaturas policiais, por meio de um rádio comunicador oculto no painel do carro, que estava na mesma frequência do rádio da carreta.

Banner Whatsapp Desktop
Departamento de Operações de Fronteira - Disque Denúncia
PREF DE MJU