21 de outubro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
al outubro2
Administração Municipal

Vereador Flávio César vê oportunismo em críticas de ex-aliados ao prefeito

Fort  Atacadista - 21 ANOS

 O vereador Flávio César manifestou-se  contra  críticas de vereadores que migraram da base aliada para a oposição ao prefeito Nelson Trad Filho. . De acordo com o vereador, o “jogo democrático é feito com debate, por isso acho natural o que está acontecendo”. Para ele, o ideal seria que houvesse críticas construtivas no sentido de auxiliar o prefeito a melhorar a vida da população. O vereador  reiterou que mantém seu compromisso com o projeto político do prefeito Nelsinho Trad para administrar Campo Grande, embora tenha salientado que tem liberdade para alertar o Executivo em relação a correção dos rumos da administração municipal, sem fazer disso um palanque político com vistas ao próximo embate eleitoral.
 Flávio defendeu o pacto estabelecido entre os vereadores aliados e o prefeito, a quem credita a estabilidade política que ajudou a delinear o mapa do desenvolvimento de Campo Grande em 2009.  “Temos que analisar o quadro geral, olhando os problemas diários de uma cidade complexa como a nossa que precisa sempre sofrer ajustes e correções de rumo”. Para Flávio, “Nelsinho foi eleito para cuidar dos interesses da comunidade não para lotear a Prefeitura conforme interesses localizados”, comentou.

  O vereador aproveitou a entrevista para desmistificar a idéia defendida pela minoria de que as obras realizadas na Capital com recursos do PAC são feitas com dinheiro do governo Lula. “Essa conversa é infundada, pois o dinheiro pertence à população, dos impostos de cada um”, salientou, argumentando ainda que “ o País tem mais de cinco mil municípios que buscam recursos federais e o Nelsinho teve a competência para trazer subsídios para Campo grande porque tem projetos técnicos altamente estruturados”.
 Segundo Flávio “a Prefeitura de Campo Grande tem saúde financeira e sustentabilidade e qualquer outro argumento para tirar o mérito do prefeito pode ser considerado, no mínimo, oportunismo eleitoreiro”, afirmou.

Banner Whatsapp Desktop
ALMS
AL MS