28 de novembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
SESI - Campanha Protocolo de Atendimento
Saúde

Teste do Olhinho ajuda na prevenção da cegueira infantil

Fort Atacadista Natal

  O Teste do Olhinho se tornou obrigatório na rede pública de saúde em MG, SP, RJ, CE, PR e DF desde 2008. Um projeto de lei em tramitação no Senado quer tornar obrigatório o exame em todo o país.

  Segundo a Organização Mundial de Saúde, 500 mil crianças ficam cegas, anualmente, em todo o mundo. Deste total, 70 e 80% ocorrem durante os primeiros anos de vida, em conseqüência de doenças associadas ao sistema visual.

  No entanto, para o coordenador do departamento de oftalmopediatria do Hospital de Olhos Dr. Ricardo Guimarães, Sérgio de Souza, esse quadro poderia ser bem diferente já que pelo menos 60% das causas de cegueira e severo comprometimento visual infantil podem ser prevenidos ou tratáveis.

  O Teste do Olhinho, feito no recém-nascido, é um exame importante que pode proteger as crianças de futuros problemas na visão. “Com do Teste do Reflexo Vermelho, também chamado de Teste do Olhinho, é possível detectar sérias doenças oculares que podem levar à cegueira, como o retinoblatoma e a catarata, o glaucoma e a toxoplasmose congênitos”, explica Souza. Pesquisas apontam que essas alterações atingem cerca de 3% dos bebês em todo o mundo.

 O médico explica que para uma prevenção eficaz a avaliação deve ser feita ainda nos primeiros dias de vida do bebê. “O teste é simples, indolor e pode ser realizado em cinco minutos”, conta. Quando o reflexo vermelho é identificado em ambos os olhos o resultado é considerado “normal”.

  Caso contrário, o recém-nascido deve ser encaminhado para exames mais complexos. Importante destacar que bebês prematuros precisam obrigatoriamente realizar o teste para afastar o risco da retinopatia da prematuridade, principal causa da cegueira infantil na América Latina.

  O segundo passo para um diagnóstico mais preciso da doença é o exame de Fundo de Olho, que possibilita a análise das condições da retina, do cristalino e do nervo ótico. “Antigamente o primeiro exame de visão era feito somente na idade escolar, quando alguma doença já poderia estar em estado irreversível.
Mais de 80% de tudo que se apreende no mundo é pela visão.

  Uma criança com visão subnormal tem sua capacidade de comunicação e seu desenvolvimento motor prejudicados”, acrescenta Sérgio de Souza. O recomendável é que a criança faça consultas regulares a cada ano no oftalmologista.

Banner Whatsapp Desktop
Comper sem sair de casa

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

O que você pretende fazer com o 13º salário?

Votar
Resultados
Departamento de Operações de Fronteira - Disque Denúncia