26 de novembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
multicasas novo
RESPIRADORES

Senai e Energisa recebem agradecimento da Força Aérea por manutenção de respiradores

Ao todo, foram consertados 115 equipamentos pelas equipes do Senai e 106 já foram devolvidos para os hospitais do Estado

21 outubro 2020 - 15h30Assessoria de Comunicação
O Senai e a Energisa receberam do Esquadrão de Saúde da Guarnição da Força Aérea Brasileira em Campo Grande (MS) uma carta de agradecimento pelo trabalho conjunto realizado para a manutenção de respiradores
O Senai e a Energisa receberam do Esquadrão de Saúde da Guarnição da Força Aérea Brasileira em Campo Grande (MS) uma carta de agradecimento pelo trabalho conjunto realizado para a manutenção de respiradores - (Foto: Divulgação)
Fort Atacadista Natal

O Senai e a Energisa receberam do Esquadrão de Saúde da Guarnição da Força Aérea Brasileira em Campo Grande (MS) uma carta de agradecimento pelo trabalho conjunto realizado para a manutenção de respiradores hospitalares para ajudar no combate à pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Ao todo, foram consertados 115 equipamentos pelas equipes do Senai e 106 já foram devolvidos para os hospitais do Estado, sendo três deles para o Hospital da Aeronáutica na Capital.

Segundo o diretor-regional do Senai, Rodolpho Caesar Mangialardo, o reconhecimento só reforça a importância do trabalho desenvolvido pela instituição para ajudar no combate à Covid-19. “Fizemos várias ações desde que o vírus chegou a Mato Grosso do Sul para contribuir de alguma forma e a manutenção dos respiradores foi fundamental para ajudar a salvar mais vidas. Acredito que o Senai tem cumprido seu papel, de colocar sua expertise a serviço da sociedade”, afirmou.

Para o diretor-presidente da Energisa, Marcelo Vinhaes Monteiro, ter o trabalho valorizado por instituições beneficiadas não tem preço, mas mais importante do que qualquer reconhecimento é o projeto em si. “Claro que ficamos felizes com essa carta de agradecimento, que significa que fizemos um bom trabalho, até porque nossa expectativa inicial era de consertar 70 respiradores e já chegamos a 115 equipamentos e com certeza ajudamos a salvar vidas”, declarou.

Banner Whatsapp Desktop
Departamento de Operações de Fronteira - Disque Denúncia