25 de outubro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
TCE - Devolução Auxílio Emergencial
Novidade

Saiba mais sobre o Ford Edge, que será vendido no Brasil até o final do ano

Divulgação
Fort  Atacadista - 21 ANOS

O crossover da Ford, misto de utilitário-esportivo e minivan, chega em Novembro para repetir o sucesso Fusion, só falta preço.

A importação do Ford Edge para o Brasil foi anunciada em um jantar para jornalistas durante o Salão de Detroit no começo ano e em breve, o utilitário chega para mexer com as vendas de automóvel no Brasil . O utilitário Ford Edge é a grande promessa da Ford para este ano no País.

Havia uma série de especulações sobre o conteúdo e o preço a que o crossover será vendido por aqui. Essas dúvidas foram confirmadas na última sexta-feira pela assessoria de imprensa da Ford. O esperado modelo chega ao mercado nacional com 3 anos de garantia sem limite de quilometragem, como modelo 2009, na versão SEL, com preço partindo de R$ 149.700,00. A estimativa acertou, que previa que ele não chegaria por um valor baixo, uma vez que ele virá em uma versão bastante completa e do Canadá, o que não o isenta dos impostos.

Com 4,72 m de comprimento, 2,83 m de entreeixos, 1,93 m de largura e 1,70 m de altura, o Edge é considerado, nos EUA, um crossover médio. No Brasil, ele competirá com utilitários grandes e será o substituto natural do Ford Explorer, que nunca fez muito sucesso no Brasil a não ser no início de suas importações. Apesar das dimensões, há espaço para apenas cinco passageiros. A compensação é o porta-malas, de 912 l (pelo sistema de medição norte-americano). Com bancos rebatidos, ele aumenta para 1.954 l.

Nos EUA, ele traz as opções de tração dianteira ou nas quatro rodas, mas para o Brasil só modelo vem equipado com tração integral de série, sistema de tração AWD, que oferece tração permanente nas quatro rodas e monitora a velocidade do veículo, adequando o torque e a tração para proporcionar estabilidade. O motor, um V6 3,5 l Duratec, tem 269 cv e uma transmissão automática de seis marchas que deve lhe garantir uma boa dose de agilidade. Aliás, esse conjunto motor/câmbio é o único disponível para este crossover.

O modelo chega no próximo mês e não deve sofrer alterações para vir para o Brasil, a única mudança em relação aos carros vendidos no Canadá, no México e nos EUA é a recalibração do sistema de injeção eletrônica, para lidar com os 20% de álcool misturados à nossa gasolina. O Edge merece toda a atenção daqueles que estiverem dispostos a gastar mais de R$ 150mil em um novo carro, sem pena de arrependimentos futuros.

Banner Whatsapp Desktop
PMCG
ALMS