21 de outubro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
al outubro2
Recursos

Projeto Porto Esperança tem apoio do poder público para sua viabilização

Divulgação
Fort  Atacadista - 21 ANOS

Foi realizada, uma reunião do Presidente da Funlec, Jordão Abreu da Silva Júnior, com a Secretária Municipal de Planejamento e Controladoria Social, Eva de Souza Salmazo, e o Presidente do Legislativo Municipal, vereador Edil Abulquerque (PMDB).

O objetivo é formar uma força tarefa para viabilizar o Projeto Porto Esperança em Campo Grande. Edil Albuquerque e Eva Salmazo levarão o projeto ao Poder Executivo para tentar disponibilizar uma área para a construção da sede do Porto Esperança. O projeto poderá ainda receber os recursos provenientes do Click Esperança, em que as pessoas interessadas em contribuir com a ação social terão a quantia doada debitada de seu Imposto de Renda. O primeiro passo do projeto será a conscientização sobre os perigos das drogas na sociedade. O segundo é o da recuperação, onde os dependentes químicos, maiores de idade, poderão entrar num alojamento distante da cidade, numa área rural, em que participarão de um processo de desintoxicação, trabalhando na propriedade e convivendo com outros dependentes.

Além de prevenir o uso de drogas, o projeto pretende aliar a recuperação dos drogados com a preservação do meio-ambiente. Durante o tratamento os dependentes irão plantar árvores frutíferas e fazer a limpeza dos rios próximos aos seus alojamentos. O Porto Esperança é baseado no Projeto Fazenda Esperança, realizado pela Igreja Católica em mais de 60 centros em todo o mundo.

Banner Whatsapp Desktop
ALMS
AL MS