20 de outubro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
al outubro2
Premiação

Programa Empreendedor Rural premia melhores projetos

Fort  Atacadista - 21 ANOS

Três produtores rurais que participaram do PER concorrem agora a fase nacional do programa.

Com o objetivo de transformar as antigas fazendas em verdadeiras empresas do agronegócio, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de MS – SENAR/MS e o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de MS – Sebrae, com o apoio da Federação da Agricultura e Pecuária de MS – FAMASUL, realiza desde 2007 o Programa Empreendedor Rural – PER. 

Com mais de 1 mil pessoas que já participaram do curso no Estado, os promotores do Programa organizam todos os anos o Encontro Estadual do Programa Empreendedor Rural. Este ano, o evento aconteceu no Golden Class, no último dia 28 e reuniu cerca de 900 pessoas entre participantes do PER, autoridades e jornalistas, e premiou 11 projetos de conclusão.

O presidente da FAMASUL, Ademar Silva Júnior, que também é presidente do Conselho Administrativo do SENAR, reconheceu o empenho de toda a turma, que teve mais de 500 participantes nesta edição. “Não é fácil ficar 360 horas estudando e fazendo projetos”, disse. Porém, destacou que esse empenho é fundamental na busca pela capacidade de gestão, com visão inovadora. Ademar lembrou que o PER é uma iniciativa importante neste momento da economia. “O Brasil e o resto do mundo buscam produção eficiente, com qualidade, quantidade e bons preços”, destacou. A superintendente do SENAR, Anita Medeiros, explicou que o PER traz uma mudança cultural e de postura, priorizando a gestão do negócio. Para 2009, a previsão é de formar mais 40 turmas.

Dos 11 finalistas, três vão participar da etapa nacional e foram premiados com notebooks. Jonas de Souza Correa, de Anastácio é um deles. Ele participou com o projeto “Produção de verduras irrigadas com adição de adubo orgânico” e recomenda: “é uma experiência que deveria ser aplicada a todos os produtores”.
Com o projeto “Implantação de atividades agrossilvopastoril”, as produtoras Ana Rorh, Florinda Barreto e Maria Barreto, de São Gabriel do Oeste, também vão participar da etapa nacional. Florinda destacou que o PER oportunizou sistematizar o trabalho que vinha sendo desenvolvido.

Para Rosimari Pedrosa, de Ivinhema, vencedora com o projeto “Plantio de Urucum”, o PER foi um marco. “Posso dizer que minha vida e minha empresa se dividem em dois momentos: antes e depois do PER. O crescimento humano e pessoal foi de 100%. Agora é colocar o empreendimento para gerar lucro”, comemorou. A entrega dos prêmios contou com a presença da senadora Kátia Abreu, presidente da CNA (Confederação Nacional de Agricultura), e o diretor-executivo do Senar Nacional, Omar Hennemann.

Banner Whatsapp Desktop
ALMS
AL MS