09 de março de 2021 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Campo Grande

Prevenção reduz em 90% as notificações de dengue na Capital

13 fevereiro 2014 - 13h31
Cassems
Por conta do constante trabalho de prevenção e à intensificação das ações de combate ao mosquito da dengue feitos pela gestão do Prefeito Alcides Bernal (PP), o número de casos de notificação dengue em janeiro de 2014 caiu mais de 90% em relação ao mesmo período do ano passado. De acordo com os dados registrados pelo Serviço de Vigilância Epidemiológica, em janeiro de 2013 foram registrados 23.421 casos da doença, enquanto que no mês de janeiro de 2014 foram registrados 661 casos. 
 
Além da conscientização da população, essa queda se deve a ações de prevenção como mutirões de limpeza em terrenos baldios, melhoria da limpeza pública das ruas, eliminação de criadouros do mosquito em terrenos baldios e a intensificação dos carros fumacês nas sete regiões de Campo Grande.
 
Epidemia
 
Em janeiro de 2013, quando Bernal assumiu, Campo Grande enfrentava uma grave epidemia de dengue com o registro de cerca de mil casos por dia. 
 
A situação era tão crítica que o município teve que decretar situação de emergência, reconhecida pela Secretaria Nacional de Defesa Civil (Sedec). Durante essa epidemia ocorreram oito óbitos e 73 casos de febre hemorrágica. 
 
Após um intenso trabalho das equipes da administração, feito em parceria com vários segmentos da sociedade civil, Campo Grande conseguiu vencer esse problema. “Quando assumimos a administração, encontramos a cidade sofrendo com a epidemia de dengue, falta de medicamentos e médicos, trabalhamos duro e conseguimos acabar com essa crise”, afirmou Bernal.
 
Vencida a batalha, a determinação do prefeito foi de que fosse traçado um planejamento de trabalho para prevenir futuras epidemias e garantir à população campo-grandense mais saúde e tranquilidade. 
 
Para Bernal, as ações de prevenção que aconteceram durante o ano passado contribuíram para a queda significativa de notificações ocorridas até este mês. “É papel da administração pública zelar pela saúde e qualidade de vida do cidadão, por isso em nossa administração o planejamento e a prevenção são prioridades” disse o prefeito, ressaltando a importância do planejamento de ações para obter êxito na prevenção do Aedes aegypti.
 
Quem quiser denunciar situações que possam facilitar o avanço da doença no município, além de tirar dúvidas sobre a dengue e informar casos suspeitos para direcionar os trabalhos desenvolvidos pela Secretaria Municipal de Saúde, pode ligar para o telefone 3313-5000 ou 3313-5001.
Banner Whatsapp Desktop
Banner TCE
Cassems