17 de janeiro de 2021 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Evento

Pioneiro em rádio no Estado, Nasrala Siufi promove shows para a Bolero Casa de Dança

Nasrala Siufi e o radialista Julio César (Brejinho), na Transamérica FM
Nasrala Siufi e o radialista Julio César (Brejinho), na Transamérica FM - Taty Santinoni

Nasrala Siufi, de 88 anos, foi o pioneiro em rádio no Mato Grosso do Sul e está há mais de 60 anos nesse ramo. Como diretor de emissora de rádio, Nasrala ou mais conhecido como Nassura, pela difícil pronúncia do nome, foi o primeiro diretor da emissora de rádio do Estado, onde promovia festas de carnaval nas ruas, trazia os maiores times de futebol da época, como por exemplo, o Santos Futebol Clube - com o jogador Pelé, e também várias atrações artísticas para Campo Grande. “Fui o primeiro Rei Momo do Estado, na época eu era muito gordo, onde me fantasiava, colocava peruca e comandava o carnaval de rua”, afirma Nasrala.

Considerado o empresário número um da Associação dos Empresários, nasceu em Miranda, interior do Mato Grosso do Sul, e sempre trabalhou para esta região, principalmente Campo Grande, mesmo depois de se mudar para São Paulo com a família, onde tem uma firma chamada “Estar Som Promoções Artísticas”, juntamente com a esposa Elizabethe Siufi, o braço direito de Nasrala e casados há 56 anos. “Meu trabalho sempre foi direcionado à região de Mato Grosso do Sul mesmo com minha firma em São Paulo, onde promovo shows artísticos para Campo Grande”, declara Nasrala. Além de trabalhar e morar em São Paulo, Nasrala sempre vem à Capital, onde mora grande parte da família, além do mais, contribui atualmente para o “Bolero Casa de Dança”, onde é responsável por trazer artistas todo mês. Na próxima sexta-feira (dia 26) a apresentação será de Jerry Adriani, e em outubro será a vez de Wanderley Cardoso. Em seus planos está ainda o cover do Elvis Presley, e para novembro o show fica por conta de Luiz Ayrão.

“Quando Campo Grande fez 100 anos, lançaram um livro sobre a Capital, e nele estão mais de 20 páginas a meu respeito. Além disso, também já fui homenageado com o título de cidadão campo-grandense”, se orgulha Nassura. Este que já dirigiu a Rádio Difusa e a Rádio Cultura, de Campo Grande.

Além da Rádio Educadora, de Campinas, durante dez anos. “Uma vez me mataram, milha filha achou que fosse verdade porque anunciaram minha morte num show aqui na Capital, mas prefiro não citar nomes, porque sei que são empresários que querem me tirar da jogada”, brincou Nasrala.

Banner Whatsapp Desktop