16 de janeiro de 2021 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
REVITALIZAÇÃO

Pedro Chaves vai viabilizar recursos para revitalizar Porto e orla de Ladário

Compromisso foi assumido em reunião com o prefeito Carlos Ruso e os técnicos que estão trabalhando na proposta, apresentada nessa sexta-feira (19)

20 maio 2017 - 09h33Da Redação com assessoria
Apresentação do projeto da Orla Fluvial de Ladário
Apresentação do projeto da Orla Fluvial de Ladário - Divulgação

O senador Professor Pedro Chaves (PSC\MS) vai ajudar a viabilizar a execução do projeto de revitalização do Porto de Ladário e a implantação da orla portuária da cidade, situada às margens do Rio Paraguai, próximo a fronteira de Mato Grosso do Sul com a Bolívia. O compromisso foi assumido em reunião com o prefeito Carlos Ruso e os técnicos que estão trabalhando na proposta, apresentada nesta sexta-feira (19) na prefeitura do município. 

“O projeto tem tudo para mudar totalmente o panorama da cidade, atraindo turistas e fazendo de Ladário um modelo para o país no que refere ao desenvolvimento sustentável. Já temos aqui na região a Vale, que opera na produção de minérios. Mas é preciso criar novas alternativas de crescimento econômico e geração de empregos. Nada melhor do que uma ação como essa, que alia a revitalização do Porto, para facilitar o acesso e a saída das embarcações que transportam tudo o que se produz na região, com a implantação de um espaço agradabilíssimo na orla, onde moradores e turistas poderão passear, apreciar a beleza do Pantanal e se divertir em bares e restaurantes”, observou o senador. 

Revitalização - O projeto, orçado em R$ 14,5 milhões, foi desenvolvido pela Vale e resulta de um estudo minucioso de técnicos que apontaram a necessidade de melhor estruturação para o Porto. “ A empresa fez os estudos para a Prefeitura de Ladário e elaborou os projetos básico, conceitual e executivo, a um custo de R$ 685 mil, possibilitando assim a busca pelos recursos necessários à execução”,  explicou Olemar Tibães Lopes Júnior, gerente de Operações e Relações Institucionais de Vale para o Centro Oeste. O cronograma prevê 3 anos de obras a partir da liberação dos recursos. 

 “A Orla Portuária será basicamente uma obra de infraestrutura urbana que consiste na construção de um porto para atracação de pequenos navios e embarcações turísticas”, disse o engenheiro civil Januário Ximenes, coordenador de projetos da Prefeitura Municipal de Ladário.  Já a outra parte, segundo ele, serão obras urbanísticas como ciclovias, pista de skate, praças de jogos, quiosques, espaço para realização de ventos culturais, como a Festa do Peixe e São João. 

 “Minha missão agora é conseguir os recursos necessários em Brasília. Vou aos Ministérios do Turismo, das Cidades, da Integração Nacional e até a Presidência da República, se for preciso, para viabilizar esse projeto, que é de extrema importância não só aqui para a região, mas para todo o Mato Grosso do Sul e o Brasil”, assegura o senador. 

Prefeito Ruso mostrou a Pedro Chaves região da orla que será revitalizada em Ladário

?

Para o prefeito Carlos Ruso, esta não é uma obra fácil de fazer, até mesmo pelo seu alto valor e, por isso mesmo, a prefeitura estrategicamente, dividiu o projeto em três etapas. “Vamos dar início à obra e, dando início, automaticamente a sua conclusão é positiva. Nós entregamos toda a documentação e o projeto no Ministério da Integração Nacional e tão logo seja liberado o recurso nós daremos início”, disse o prefeito, que afirmou estar confiante no apoio do senador Professor Pedro Chaves para viabilizar o empreendimento. 

 Depois da reunião na prefeitura, o senador foi até a margem do Rio Paraguai conhecer de perto o local que passará por revitalização. Lá, conheceu Ednéia do Pantanal, dona de um restaurante especializado em pescados na orla. Ela fez questão de agradecer o apoio de Pedro Chaves ao projeto e disse que ele vai permitir realizar um sonho de mais de 20 anos dos moradores da região. 

Banner Whatsapp Desktop