21 de outubro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
al outubro2
Expedition

Participamos da 4ª etapa da Chevrolet Flexpedition Portos Abertos no Nordeste

Jornalistas que participaram da 4ª etapa da Chevrolet Flexpedition Portos Abertos
Jornalistas que participaram da 4ª etapa da Chevrolet Flexpedition Portos Abertos - Divulgação
Fort  Atacadista - 21 ANOS

Jornalistas participaram da quarta fase da expedição pelos portos brasileiro, que começou em Salvador (BA) em direção a Recife (PE)

Aportando na Baía de Todos os Santos. Da mesma maneira como fizeram Dom João VI e a família real, há 200 anos, a expedição de jornalistas – Chevrolet Flexpedition Portos Abertos – desembarcou em Salvador, nesta última segunda-feira do mês de setembro (22), para iniciar a quarta etapa da viagem pela história dos portos brasileiros.

Foi uma aproximação da cidade de Salvador a bordo do rebocador Jaguaribe, da Saveiros Camuyrano Serviços Marítimos, dirigido pelo comandante José Ricardo Laranjeira Filho, com o objetivo de fotografar a cidade, do mar para o continente, imaginando a visão que toda a família real e sua corte tiveram quando chegaram ao Brasil, em 1808, para decretar a abertura dos portos às nações amigas.

Durante essa quarta etapa, os jornalistas participantes da expedição visitaram os portos de Aracaju (extinto em 4 de fevereiro de 1997) e seu substituto, porto de Barra dos Coqueiros (em Sergipe, o menor estado brasileiro), o porto de Maceió (AL), e os portos de Recife e Suape (PE).

Numa dessas visitas, na terceira etapa da expedição, os jornalistas descobriram um porto particular que é um exemplo de competência: o Terminal Especializado de Barra do Riacho, Portocel, no Espírito Santo.

• Passando pelo cajueiro dos papagaios

Saindo de Salvador (BA), foi declarada a abertura dos portos – a caravana de jornalistas-expedicionários passou por Aracaju (em Sergipe, menor estado brasileiro). Fundada em 1855, Aracaju foi a segunda capital brasileira planejada, com formato que remete a um tabuleiro de xadrez e significa “cajueiro dos papagaios”.

O primeiro porto construído na praia denominada Atalaia, foi extinto em 1997 e substituído pelo porto de Barra dos Coqueiros, administrado pela Vale, que não autorizou a visita dos jornalistas da Chevrolet Flexpedition. Foi o único porto, dos 20 visitados até agora nas quatro primeiras etapas da expedição, que não permitiu a entrada dos jornalistas da caravana.

• A Chevrolet Flexpedition Portos Abertos

A expedição Chevrolet Flexpedition Portos Abertos está sendo realizada em comemoração aos 200 anos da abertura dos portos brasileiros e aos 100 anos da General Motors Corporation, completados no último dia 16/09/2008. Ela é uma aventura pela história do Brasil e foi motivada pelo sucesso das três primeiras Chevrolet Flexpedition realizadas no País (Norte-Sul, Caminho do Ouro e Leste-Oeste), evidenciando a liderança da marca Chevrolet com os veículos equipados com a tecnologia Flexpower.

Até o próximo mês de novembro, a expedição concluirá a visitação aos demais portos marítimos das Regiões Norte e Nordeste do País, passando pelos estados da Bahia, Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Ceará, Maranhão, Pará, Amapá e Amazonas.

Como integrantes da equipe de suporte da Chevrolet Flexpedition Portos Abertos, estão Luiz Cezar Fanfa, coordenador; Nereu Leme, jornalista e escritor; Pedro Danthas, fotógrafo; e, Aderlin Valerio Júnior, cinegrafista. Os seis carros Chevrolet utilizados na expedição são o Vectra Sedã, Vectra GT, Astra hatchback, Tracker, Prisma e S10 cabine dupla.

Banner Whatsapp Desktop
AL MS
PMCG