21 de outubro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
al outubro2
Parceria

Parceria entre o Sindivest/MS e Senai vai capacitar trabalhadores

Fort  Atacadista - 21 ANOS

Convênio assinado entre a Fiems, Senai e Sindivest/MS (Sindicato das Indústrias do Vestuário, Tecelagem e Fiação de Mato Grosso do Sul), durante jantar de confraternização dos empresários do setor têxtil e do vestuários realizado no 6º andar do Edifício Casa da Indústria, em Campo Grande, vai garantir a capacitação de trabalhadores para a Cativa Têxtil a partir de janeiro de 2010.

De acordo com o presidente do Sindivest/MS, José Francisco Veloso Ribeiro, por meio da parceria serão capacitados 120 pessoas. “Quando juntamos nossos esforços, mostramos que é possível realizar mais e melhor. Essa parceria vai ao encontro da demanda industrial, que aponta para a necessidade de mão-de-obra pronta para o mercado de trabalho”, disse.

Ele ressalta que assim como aconteceu este ano, a partir de 2010, o Sindivest, em parceria com a Fiems e o Senai, vai treinar cerca de dois mil profissionais para atuar no setor que vem crescendo muito no Estado. “Este ano foi de evolução para o setor, que recebeu incentivos dos governos e importantes apoios dos setores representativos e por isso a expansão foi impressionante. E com base no que articulamos e realizamos o segmento deve ter um 2010 de muito crescimento e avanço no Estado”, afirmou.

O presidente da Fiems, Sérgio Longen, destacou que tem empenhado árduos esforços nas ações de fomento à industrialização em Mato Grosso do Sul, o que tem garantido evidente fortalecimento do setor. “A força da indústria está demonstrada nos números e isso se dá devido ao apoio integral da produção que a Fiems tem trabalhado para garantir aqui no Estado”, disse, referindo-se aos índices que serão divulgados em entrevista coletiva à imprensa na próxima segunda-feira (14/12) durante agenda na cidade de Dourados.

Expectativa - O gerente da Cativa Têxtil, Elvis Martins, explicou que a empresa, que emprega 130 funcionários e produz três mil peças por dia em malharia, espera absorver grande parte dos 120 trabalhadores que serão capacitados pelo Senai de janeiro a junho de 2010 para resolver o gargalo e alavancar a produção. “Encontrar profissionais qualificados ainda é a nossa grande dificuldade e, por isso, buscamos o apoio da Fiems, do Sindivest/MS e do Senai. Nossa meta após a qualificação é alcançar eficiência de cerca de 50% na produção atual”, adiantou.

Banner Whatsapp Desktop
ALMS
PMCG