19 de outubro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
al outubro2
Denúncia

OUÇA: Cidadão denúncia armadilhas na BR-163

22 novembro 2011 - 14h02
Três pessoas de Cuiabá-MT morreram na armadilha na BR-163
Três pessoas de Cuiabá-MT morreram na armadilha na BR-163 - Arquivo
Fort  Atacadista - 21 ANOS

O advogado Rogério de Avelar, 43 anos, casado, tem dois filhos, cidadão e residente em Campo Grande faz uma denúncia grave de duas armadilhas existentes na BR-163 entre Anhandui e Nova Alvorada do Sul,  próximo ao córrego Santa Luzia. 

O denunciante conhece a estrada há tempos e foi uma das vitimas que perdeu o controle do carro no mesmo trecho no dia 31 de Janeiro de 2010 no KM 383 da rodóvia. Depois de sobreviver ileso ao acidente, Avelar levantou a triste estatística de 25 mortes no mesmo local nos últimos cinco anos e de acordo com Avelar,  as autoridades sabem das armadilhas, principalmente a Policia Rodoviária Federal. O morador fez pesquisa pelo Google buscando "BR 163", "chuva" e "aguaplanagem".

A sugestão do denunciante é que faça comboio e oriente os motoristas sobre os perigos ou mesmo faça interdição da estrada nos dias de chuva. Indignado com a possibilidade  de mais mortes pelos locais, com a chegada da chuva de verão,  Avelar exige providências das entidades DENIT, Ministério Publico e Policia Rodoviária Federal. Caso nada seja feito o cidadão afirmou que ainda  vai promover ação judicial contra as autoridades.

Ouça a indiganção do Advogado Rogério Avelar pela Rádio Transamérica Hits Campo Grande - FM 99,1

Banner Whatsapp Desktop
PMCG
ALMS